SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI
Av. Isaac Póvoas, 927, Bairro Goiabeiras

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

"Braço Forte do Campo da Cidade e da Forquilha do Manso! Vereador Tito da Forquilha 14.123"

"Braço Forte do Campo da Cidade e da Forquilha do Manso! Vereador Tito da Forquilha 14.123"
"Juntos Somos Mais Fortes

quinta-feira, 8 de outubro de 2020

“Quem critica não conhece”, diz Leitão sobre proposta de anistia de R$ 20 mil

Uma das principais propostas do candidato ao Senado, Nilson Leitão (PSDB), é de anistiar dívidas de até 20 mil reais de pequenos e médios empresários, especialmente no período atual de instabilidade econômica agravada com a pandemia do coronavírus. Para Leitão, é mais importante que a empresa continue a gerar empregos do que decretar falência.
Ele destaca que para cobrar uma dívida junto a Receita Federal, o Governo gasta, em média, R$ 20 mil, ou seja, na verdade com a anistia o Governo Federal vai economizar. “A conta é simples. Se custa R$ 20 mil para eu cobrar um empresário com um, dois, ou três funcionários, ou um cabeleireiro, ou uma manicure, ou um borracheiro que deve uns 3 mil, 5 mil, 10 mil, até 20 mil reais, é mais fácil fazer a remissão dessa dívida e devolver essa empresa para o mercado. Assim ela vai poder ter acesso ao crédito, gerar mais emprego, e isso é melhor do que deixá-la fechada”.
A proposta de Nilson Leitão se baseia em estudos por entidades brasileiras como a Confederação Nacional da Agricultura (CNA), Fiesp, dentre outras. “Isso é uma questão de lógica, de conhecimento e de sensibilidade política. Isso eu já tenho porque já conheço o legislativo. Essa pesquisa não foi feita pelo Nilson Leitão, foi feita por todos nós. Tem origem, tem estudo, tem fundamentos e tem números. Vai ser minha prioridade como senador”, afirma.
Nilson Leitão ressalta que a atuação como vereador, prefeito, deputado estadual e federal o prepararam para lidar com esse tipo de questões. “Desse ramo eu entendo, eu entendo o empresário que quebrou na crise e desde 2013 inúmeras empresas quebraram. Quem critica não conhece”, conclui.
Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos