SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI

A STELMAT visa o fortalecimento dos negócios em governança de TI
Av. Isaac Póvoas, 927, Bairro Goiabeiras

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

"Braço Forte do Campo da Cidade e da Forquilha do Manso! Vereador Tito da Forquilha 14.123"

"Braço Forte do Campo da Cidade e da Forquilha do Manso! Vereador Tito da Forquilha 14.123"
"Juntos Somos Mais Fortes

quinta-feira, 15 de outubro de 2020

"Taques destaca que votará contra qualquer tentativa de acabar com o PIS e 13º"

Em reunião com funcionários de uma fábrica de bebidas em Várzea Grande, o candidato ao Senado, Pedro Taques (Solidariedade), disse que se eleito no pleito suplementar de 15 de novembro, votará contra qualquer proposta que retire direitos dos trabalhadores. Citou como exemplo, propostas que circulam de acabar com o PIS, benefício pago a quem ganha menos de dois salários mínimos.
Por duas vezes entre 2019 e 2020, propostas circularam em Brasília para acabar com o benefício pago aos trabalhadores. Na primeira, a retirada do direito estava previsto na Reforma da Previdência, a segunda não chegou a virar proposta, mas foi cogitado acabar com o pagamento para a criação de um programa de renda mínima. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi contra a proposta da equipe econômica do governo e ela não foi apresentada ao Congresso Nacional.
“O meu partido, Solidariedade, atua na defesa dos trabalhadores. Nasceu das organizações sindicais e minha atuação pessoal sempre foi em defesa dos direitos trabalhistas e quero continuar trabalhando neste sentido. Não à retirada de direitos, não dá pra admitir a penalização de quem mais precisa”, disse aos empregados.
Taques também defendeu sua proposta de tornar a internet um direito fundamental do cidadão. “A internet é um direito Constitucional de todos. É função de um senador garantir que as empresas de telefonia entreguem um sinal de qualidade para todas as regiões”, destacou.
Geração de emprego e renda
Taques ainda apresentou sua proposta de manutenção do auxílio emergencial por mais um período, financiada com a regulamentação do imposto sobre grandes fortunas para os bilionários do Brasil; fortalecimento de fomento ao programa primeiro emprego; crédito para pequenas e médias empresas e de incentivos à criação de indústrias em Mato Grosso.
Assessoria/Caminho Político 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos