Instec Instituto de Tecnologia Educação e Comunicação

Instec Instituto de Tecnologia Educação e Comunicação
Av. Rui Barbosa, S/N- Jardim Universitrio, Cuiabá - Mato Grosso. As informações de contato se encontram no (65) 99293-3962

Vereador Didimo Rodrigues Vovó

Vereador Didimo Rodrigues Vovó
Trabalhar por uma Cuiabá melhor

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

Senado Federal

Senado Federal
Para saber mais sobre essa unificação, clique aqui.

quarta-feira, 25 de novembro de 2020

MULHERES DA GRANDE FAMÍLIA: O Sagrado Feminino é tema de grupo com mais de 150 mulheres

Qual a chave para o autoconhecimento? Nesta quarta-feira (25.11), às 19h30, pela plataforma virtual Google Meets, estudantes de psicologia e a psicóloga Adhriana Pontes, trazem a roda de conversa “O Sagrado Feminino” para mais de 150 mulheres do grupo.
Para ter o autoconhecimento é necessário se auto observar. Uma prática que deve ser realizada diariamente, sem julgamentos. Para isso é preciso se reconhecer e ressaltar o seu poder feminino, tendo consciência sobre seus próprios pontos fortes, para utilizar a seu favor, conhecendo suas limitações, tendo a chance de modificá-las.
Ou seja, quando se estabelece prioridades, é possível agir de forma equilibrada, com maior controle das suas emoções e, assim, consegue enxergar mais soluções quando os outros só vêem o caos.
Na noite de hoje (25), será debatido o tema “O Sagrado Feminino”, que vai falar do encontro da mulher consigo mesma, um resgate da essência feminina, indo para uma filosofia de vida que objetiva o despertar dessa mulher com uma consciência e insights de si.
E isso envolve a mulher enquanto mãe, avó, filha, empoderada, empreendedora; também a autoestima, a aceitação e a reconstrução do eu. Todos esses fatores contribuem para a construção e constituição do Sagrado Feminino, que vem dos primórdios na Literatura enquanto “ser sagrado”.
Participam do debate as estudantes do oitavo ano de psicologia da UNIC, do Estágio Específico I, Estefani Varella, Kamilla Alves, Marcia de Oliveira e Yasmim Amorim, com supervisão de Carla Queiroz, e a psicóloga Adhriana Pontes, como convidada.
O Projeto
O grupo Mulheres da Grande Família, comandado pela empresária e dona de casa, Leonora Sodré, é um projeto que nasceu há pelo menos um ano, e que durante a pandemia se sustentou com reuniões virtuais, oportunizando mulheres a se empoderar, trazendo conhecimento de forma multidisciplinar e profissional.
No dia 24 de novembro aconteceu o primeiro encontro presencial, em um café da manhã com workshop “Dicas de Mesa Posta- Café da manhã na prática”, com a especialista em Etiqueta Social, Renata Corrêa, integrante do Grupo Mulheres da Grande Família.
As lives são realizadas toda quarta-feira, sempre às 19h, em forma de bate-papo ou mini palestra. Já foram abordados os temas “Saúde Mental”, com foco em depressão, com a psicóloga Thais Dias Vidotti, “Mulheres em situação de risco”, com a advogada e presidente da Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas (Abracrim), Michelle Marie de Souza, “Automaquiagem”, com a maquiadora profissional Mayara Strobel, “Empoderamento prático através de ferramentas e furadeiras” com a engenheira Civil, Daniela Argenta, o tema “Receber Bem e Mesa Posta”, com a fonoaudióloga e especialista em Etiqueta Social, Renata Corrêa.
Também contamos com a palestra sobre fisioterapia pélvica, com a fisioterapeuta pélvica especialista em uroginecologia, coloproctologia, sexualidade e uropediatria, Fernanda Massaro, com o tema “Vulnerabilidade também é um valor psicológico”, e a “Política – Empatia, Tolerância e Empoderamento Feminino”, com a colaboradora Emanuelle Menezes, que é historiadora, formada pela Universidade Federal de Mato Grosso, e especialista em ensino de História.
Beatriz Saturnino/Caminho Político
@CaminhoPolitico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos