DIRETO DA VENEZUELA

DIRETO DA VENEZUELA
Tweets por ‎@infoenlaceweb INSTAGRAM @INFOENLACEWEB

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Endereço: Av. André Maggi, 6 - Centro Político Administrativo

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

terça-feira, 3 de novembro de 2020

Nota Sindifrigo-MT: Brasil Sustentável

Considerando a importância do agronegócio para o
Brasil e para o Mato Grosso, e levando-se em conta que ainda há dúvidas em relação ao respeito e ao compromisso do agro para com a sustentabilidade, o Sindifrigo-MT (Sindicato da Indústria Frigorífica de Mato Grosso) quer marcar sua posição. A indústria frigorífica de Mato Grosso tem se somado ao esforço internacional e do próprio Ministério Público no sentido de erradicar o trabalho escravo, exigir de seus fornecedores obediência ao código florestal brasileiro, e ao mesmo tempo buscar a garantia da segurança alimentar.
A cada dia e com mais intensidade buscar a sustentabilidade como meta obrigatória exigindo de todo fornecedor direto ou indireto da cadeia, a conciliação da produção com a preservação do meio ambiente e com a legalidade.
O Sindifrigo-MT quer se somar ao esforço de brasileiros de bom senso, que desprovidos de ideologias, queiram garantir um país sustentável, ao mesmo tempo em que desenvolve a vocação natural brasileira de produzir alimentos.
O IMAC (Instituto Mato-grossense da Carne), a Sociedade Rural Brasileira, o Grupo de Trabalho de Pecuária Sustentável e diversas outras entidades têm se manifestado neste sentido, e tem em nós da indústria total e irrestrito apoio.
Se por um lado não há espaço para deslizes no cumprimento da legislação, por outro nos parece inconcebível exigências extras que determinadas empresas e instituições pretendam impor ao povo brasileiro, desrespeitando a nação brasileira, o Congresso Nacional e a soberania do país, pois essas organizações criam e impõem aos seus clientes protocolos que ignoram a legislação brasileira.
Exigir procedimentos, percentuais de desmatamento ou outra imposição qualquer que vá contra a nossa legislação, é no mínimo diplomaticamente deselegante.
Estamos juntos aos que defendem a lei e o cumprimento fiel da legislação brasileira.
Por Paulo Bellincanta-Presidente do Sindifrigo-MT

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos