PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

CRECI-MT

sexta-feira, 11 de dezembro de 2020

Diretor de orçamento detalha em audiência distribuição de valores na LOA

Audiências têm como objetivo dar maior transparência na Lei Orçamentária, esclarecendo de que forma foram distribuídos os valores para cada secretaria.
Terceira e última audiência pública foi realizada na tarde desta quinta-feira (10) pela Câmara Municipal onde foram apresentados os recursos previstos na Lei Orçamentária Anual (LOA) exercício 2021. Na oportunidade, o diretor de Orçamento da Secretaria Municipal de Planejamento, Charles Zandonato, detalhou a elaboração da peça. Com base na Lei Complementar nº 101, as audiências têm como objetivo dar maior transparência na Lei Orçamentária, esclarecendo de que forma foram distribuídos os valores para cada secretaria.
“A realização desses debates, que contam com a participação dos vereadores, representantes das pastas e da população de um a forma geral, contribui e muito para demonstrar que a Prefeitura de Cuiabá trabalha com a preocupação voltada para que todas as propostas contemplem todos os munícipes”, ressaltou.
Válido lembrar que, antes da apresentação e aprovação da LOA para o próximo ano, é feita a elaboração da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), onde são pontuadas quais ações será prioridade em cada área. Sendo assim, o orçamento concede prévia autorização ao ente da Federação para que este realize receitas e despesas em um determinado período. “Feito isso, e após aprovação da Câmara e do Executivo, que passamos para a fase de preparação da LOA, onde nessa peça é apresentada a distribuição dos recursos”, explicou ele.
A Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2021 prevê receita, dividida entre Correntes, de Capital, reserva de capital e despesa na ordem de R$ 3.975.159.176,00, ou seja, um acréscimo de mais de R$ 600 milhões se comparado ao orçamento deste ano.
Os temas que foram colocados em debate foram as secretarias municipais de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, Habitação e Regularização Fundiária, Cultura, Esporte e Lazer, Turismo, Mulher, Ordem Pública e Defesa Civil, Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Mobilidade Urbana e Comunicação.
Os recursos a serem aplicados na Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano são de R$ 37.117.600,00. Para a secretaria de Habitação e Regularização Fundiária, o montante a ser repassado é de R$ 35.483.000,00.
Para a secretaria de Turismo, os recursos são na ordem de R$ 4.202.100,00. Já para a secretaria da Mulher, os valores serão de R$ 2.502.200,00. Para a pasta da Ordem Pública e Defesa Civil, está previsto o valor de R$ 61.849.308,00.
Para a pasta da Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, o valor a ser repassado é de R$ 15.405.346,75. Para a Mobilidade Urbana, o montante será na ordem de R$ 113.231.040,00. E para a Secretaria Municipal de Comunicação, o valor a ser repassado será de R$ 24.454.500,00.
A partir desses encontros, são apresentadas as emendas apontadas pelos vereadores. Após isso, é preparada a versão final e colocada em votação. A Câmara tem até o dia 31 de dezembro para devolver para o Executivo.
Assessoria/Caminho Político
@CaminhoPolitico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos