PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

CRECI-MT

terça-feira, 15 de dezembro de 2020

Educação: Deputado pede vista do Plano Estadual de Educação na comissão de educação da AL

Para Valdir Barranco, o plano está defasado e precisa ser alterado com urgência.
O presidente da Comissão de Educação, Ciência, Tecnologia, Cultura e Desporto, deputado estadual Valdir Barranco (PT), pediu vista da Mensagem nº 157/2020, que aprova o Plano Estadual de Educação (PEE), durante a terceira reunião ordinária realizada nesta terça-feira (15). “Entendo que está defasado, pois o Plano estabelece metas para os dez anos e temos muitas delas ainda para serem cumpridas. Vou analisar melhor e ver onde podemos colaborar. Não dá para admitir um Estado como Mato Grosso que arrecada tanto, tenha tantas deficiências na educação, com um índice altíssimo na alfabetização. Somente na Baixada Cuiabana temos um percentual de quase 20% de analfabetismo. É inadmissível”, revelou Barranco.
O deputado acredita que após um estudo detalhado, sua equipe poderá colaborar com propostas de melhorias para o PEE.
“Terei um tempo maior com minha assessoria para corrigir algumas falhas e tentar trazer alguma contribuição para a educação no Estado. Dada a importância dessa matéria e o período para ser construído, entendo que é necessário ouvir prefeitos, vereadores e pessoas responsáveis pela educação”, apontou ele.
Ainda na reunião, Barranco fez um balanço das atividades realizadas neste ano.
“Realizamos 10 reuniões em 2020, com 150 proposições avaliadas. Tivemos também outras doze reuniões da comissão especial, que foi responsável por 22 delas qualificadas. Fechamos o ano sem déficit de processos, todos os projetos que estavam na comissão foram deliberados e aprovados”, explicou o presidente da comissão.
A comissão também debateu o Decreto do governo que determinou o fechamento de quinze escolas estaduais. O deputado Dr. João (MDB) disse que tem recebido inúmeras reclamações de professores, diretores de escolas e prefeitos sobre o fechamento de escolas no interior.
“Estou vendo uma quantidade muito grande de reclamações de alunos e professores sobre um assunto que não foi discutido com as partes interessadas. Precisamos retomar o assunto com os demais deputados e pedir providências para o governador (Mauro Mendes)”, propôs.
“Vamos propor um calendário de discussão com as pessoas envolvidas nesse processo da educação, como por exemplo, os profissionais da área, pais de alunos, diretores de escolas, prefeitos, reitores de universidades, assessores pedagógicos. Essa situação não pode ficar assim”, disse o presidente da Comissão.
Assessoria/Caminho Político
@CaminhoPolitico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos