SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19

SENADO FEDERAL CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS
Praça Alencastro, nº 158 - Centro

quinta-feira, 31 de dezembro de 2020

PROTEÇÃO: Rondonópolis é beneficiada com Casa de Proteção a Mulheres Vítimas de Violência Doméstica

O deputado Delegado Claudinei solicitou à gestão municipal um espaço para abrigar vítimas de violência por meio de indicação parlamentar.
A prefeitura de Rondonópolis sob a gestão de José Carlos do Pátio (SD) realizou a reforma com recursos próprios, no valor de cerca de R$ 122 mil reais, da Casa de Proteção para atender as mulheres vítimas de violência doméstica e em situação vulnerável. Este benefício vem ao encontro da indicação do deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) de n.º 4.790/2019 que solicitou ao gestor municipal e vereadores do município o atendimento desta demanda.
Uma das bandeiras trabalhadas, com total dedicação, por parte do parlamentar é no combate e enfrentamento à violência contra mulheres de Mato Grosso. “Por ter atuado por 18 anos, como delegado de polícia, não descartaria este assunto que é uma das grandes preocupações que vivemos no aspecto social. Bem, antes de ser deputado, já era atuante quanto o enfrentamento e combate à violência contra a mulher. E neste mandato, quero que minha atuação na classe política possa contribuir com essa problemática social”, ressalva Claudinei.
Casa de Proteção
A reforma da Casa de Proteção a Mulheres Vítimas de Violência Doméstica foi anunciada pela gestão municipal, em julho deste ano, sendo que o espaço do prédio – anteriormente - funcionava o Conselho Regional de Assistência Social (Cras). O atendimento ao público iniciou no dia 27 de outubro e segue todo um procedimento para o devido acolhimento, em que é feito um relatório sobre as vítimas atendidas com as respectivas datas de permanência dentro da unidade.
De acordo com a presidente da Associação de Mulheres de Mato Grosso de Defesa e Garantia dos Diretos das Mulheres do Estado de Mato Grosso (AMRRSMT), Sandra Raquel Mendes, desde 2017, é esperado um abrigo para as vítimas. “Tudo que a gente sugere e propõe ao deputado, ele prontamente busca nos atender, ou, às vezes, basta ele dar a voz aos nossos anseios. Exemplo disso, é a casa de apoio às mulheres vítimas de violência doméstica. Antes, tínhamos um local que chamava Recanto Fraterno, onde abrigava e acolhia essas vítimas, depois que fechou, nós nunca mais tivemos um lugar apropriado para essas mulheres e filhos”, esclarece.
Mandato
Claudinei já apresentou mais de 16 proposições no parlamento estadual relacionadas com a defesa da mulher que é vítima de violência doméstica. Uma das conquistas garantidas que obteve em sua gestão parlamentar foi a Lei de n.º 11.219/2020 que dispõe sobre o serviço permanente de denúncias por meio de número no aplicativo de WhatsApp para crimes de violência contra a mulher, crianças, adolescentes, idosos e pessoas Portadoras de Necessidades Especiais (PNE) que foi sancionada pelo poder executivo no dia 2 de outubro deste ano.
A nova lei estabelece que os números de WhatsApp sejam amplamente divulgados para o conhecimento público. O trabalho será coordenado pela Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso (PJC), por meio da Delegacia Especializada da Defesa da Mulher de Cuiabá (MT).
Estatística - Conforme dados divulgados pela Superintendência do Observatório de Violência da Secretaria de Estado de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp), entre janeiro a novembro de 2020, houve o aumento de 42% dos casos de feminicídio em relação ao mesmo período de 2019. Este ano foram 54 casos e 38 registros referentes ao ano passado.
LEGENDA F1: Deputado Claudinei já apresentou mais de 16 proposições na Assembleia Legislativa relacionadas com a defesa da mulher que é vítima de violência doméstica
Assessoria/Caminho Político
@CaminhoPolitico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos