DIRETO DA VENEZUELA

DIRETO DA VENEZUELA
Tweets por ‎@infoenlaceweb INSTAGRAM @INFOENLACEWEB

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Endereço: Av. André Maggi, 6 - Centro Político Administrativo

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

Prefeitura começa vacinação contra Covid-19 a partir de quarta-feira

Prefeito Emanuel Pinheiro anunciou que seguirá cronograma determinado pelo Ministério da Saúde.
A vacinação contra a Covid-19, em Cuiabá, inicia nesta quarta-feira (20), às 10h, começando pelos trabalhadores da saúde que atuam na linha de frente da pandemia, em Unidades de Terapia Intensiva (UTI's), enfermarias e pronto atendimento de unidades públicas e privadas de saúde. O anúncio foi feito pelo prefeito Emanuel Pinheiro e a secretária municipal de Saúde, Ozenira Félix, na tarde desta segunda-feira (18), em coletiva de imprensa que apresentou o Plano Municipal de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19.
A vacinação na primeira fase funcionará no Centro de Eventos do Pantanal, de domingo a domingo, das 7h às 22 horas, mediante agendamento por link que será divulgado pela Prefeitura e apresentação do cartão de vacinação com cadastro atualizado pelo aplicativo Conecte SUS ou em uma unidade de saúde.
A ideia é que a vacinação seja estendida para polos regionais, na segunda fase, e as unidades básicas de saúde, na terceira fase, conforme a quantidade de doses que forem enviadas pelo Ministério da Saúde. "Quem vai definir a velocidade e a dinâmica dos polos de vacina será a quantidade de doses que forem disponibilizadas para Cuiabá", afirmou Pinheiro.
A logística da campanha de imunização da Covid-19 vai contar com 40 aplicadores da vacina, 20 auxiliares administrativos, 15 profissionais de apoio e acolhimento, oito enfermeiros supervisores, equipe de suporte avançado (ambulâncias), serviços de segurança, limpeza e transporte.
Ao apresentar o plano de vacinação, Emanuel Pinheiro destacou que o plano de imunização ainda não é suficiente para acabar com a pandemia e que a população precisa continuar mantendo os cuidados referentes à prevenção. Isso porque a vacina somente faz efeito no sistema imunológico do ser humano cerca de duas semanas após a aplicação da segunda dose.
"Não existe normalidade no momento. A vacina ainda leva certo tempo para fazer o efeito necessário. É necessário que as pessoas colaborem e continuem não se aglomerando, utilizando máscaras, pelo amor de Deus! Fazendo a higiene pessoal e familiar, lavando as mãos com água e sabão frequentemente", alertou o prefeito.
O plano segue as diretrizes do Governo Federal. Na primeira fase, os grupos que serão vacinados serão os profissionais da saúde, pessoas de 80 anos ou mais, pessoas de 75 a 79 anos, pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas e população indígena. Na segunda fase, serão imunizadas pessoas de 70 a 74 anos, 65 a 69 anos e 60 a 64 anos. Na terceira fase, pessoas com comorbidades, como hipertensão, diabetes, doença pulmonar, doença renal, obesidade, entre outros.
A escolha do público alvo foi feita pelo Governo Federal, levando-se em conta a incidência da doença e da mortalidade nestas faixas etárias e nos grupos escolhidos. A vacina que será utilizada para a imunização em Cuiabá nesta primeira fase será a Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan, em parceria com o laboratório chinês Sinovac. É produzida com o vírus inativado e deve ser tomada em 2 doses, com intervalo de 14 a 28 dias.
Assessoria/Caminho Político
@CaminhoPolitico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos