DIRETO DA VENEZUELA

DIRETO DA VENEZUELA
Tweets por ‎@infoenlaceweb INSTAGRAM @INFOENLACEWEB

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Endereço: Av. André Maggi, 6 - Centro Político Administrativo

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

terça-feira, 26 de janeiro de 2021

Segmento de eventos busca apoio da ALMT para retomar as atividades

Representando mais de 5.200 empresas do segmento, a presidente do Sindicato de Eventos e Afins de Mato Grosso (Sindieventos-MT), Alcimar Moretti, acompanhada de sua diretoria e do deputado estadual Carlos Avallone, participou, nesta terça-feira (26.01), de reunião com o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), Eduardo Botelho, em busca de apoio institucional, já prevendo os impactos negativos para o setor, após as novas medidas restritivas impostas pelo Governo do Estado, por meio do Decreto Estadual nº 783/2021.
Além da preocupação com a novas medidas impostas, a presidente do Sindieventos-MT e sua diretoria entregaram ofício ao presidente da Casa de Leis e para o deputado Calos Avallone um ofício com cinco reivindicações feitas pelo segmento, todos com o objetivo de minimizar os impactos que a categoria tem enfrentado durante o período de pandemia por Covid-19. “Assim como outros segmentos produtivos, nós precisamos ter o direito de trabalhar”, disse Moretti.
Entre as reivindicações, está a isenção do IPVA de 2021 dos veículos das empresas com a Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) do setor; a realização de licitações para o setor por lotes e de acordo com o segmento; a flexibilização, em razão da pandemia, das dívidas com entes públicos; o adiamento da publicação no Diário Oficial da lei do FUNDES até que sejam liquidados os 37 financiamentos que estão em fase final; e a ampliação dos prazos para pagamento de financiamentos anteriormente contratados.
A presidente do Sindieventos-MT ressalta, ainda, que as informações veiculadas na mídia têm contribuído para que novas medidas prejudiciais para a economia sejam adotadas. “93% da população atingida pela doença já se recuperaram, mas a gente não lê isso em lugar algum. Da população total no estado, apenas 6% foram infectados e apenas 2% chegam a óbito, infelizmente. Por isso, precisamos que notícias positivas, baseados em números reais, sejam publicadas e que, então, políticas públicas sejam adotadas de forma que isso seja bom, inclusive, para o nosso segmento”.
O deputado Eduardo Botelho afirmou que buscará diálogo junto ao governo do estado para amenizar as dificuldades enfrentadas pelo setor. “Vamos trabalhar em todos os sentidos para ajudá-los, porque a situação deles é muito complicada. Vamos levar a discussão ao governo do estado e solicitar a possível liberação de eventos controlados, onde possam ser adotadas medidas de segurança sanitária. Acho que pode haver ajustes no decreto”.
Carlos Avallone também reforçou a importância da flexibilização das medidas. “Os eventos técnicos que acontecem no interior, como feiras agropecuárias, antes eram shows, mas hoje não são mais, são feitos com distanciamento. Precisamos separar o que é festa e o que é evento que possa ter garantia de segurança. Temos que voltar a uma certa normalidade, garantindo a saúde de todos, o que é mais importante”.
Gustavo Ourique/Caminho Político
@CaminhoPolitico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos