PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

VI SIMPÓSIO SOBRE DISLEXIA DE MATO GROSSO – 2021 - MINICURSOS

VI SIMPÓSIO SOBRE DISLEXIA DE MATO GROSSO – 2021 - MINICURSOS
PLATAFORMA EAD DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MATO GROSSO Cuiabá - MT.

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

terça-feira, 16 de fevereiro de 2021

Magalhães apresenta projeto que prevê multa aos “fura-filas” na campanha de vacinação contra Covid-19

O vereador por Cuiabá, Eduardo Magalhães (Republicanos) protocolou na Casa de Leis, o projeto de lei que prevê multa aos cidadãos que furarem a fila estabelecida pelos órgãos de saúde para imunização contra a Covid-19. 
O pl segue para aprovação no plenário, caso a medida entre em vigor, quem fraudar por qualquer meio a ordem prioritária estabelecida para a imunização contra a pandemia  será punido com multa com valor relativo a 120 Unidades Padrão Fiscal de Mato Grosso  (UPF-MT). Se o infrator for agente público, o valor pode ser até 3 vez maior, e deverá ser afastado de suas funções, podendo ao término do processo administrativo ter seu contrato rescindido ou ser exonerado. 
Os valores arrecadados pela aplicação das multas   serão destinadas ao Fundo Municipal de Saúde.  Caberá à Prefeitura de Cuiabá à aplicação da lei, caso seja aprovada pela maioria dos vereadores.
Na justificativa, o parlamentar alega que, “a Pandemia de Covid -19 trouxe diversos desafios à sociedade, seja para tratar os acometidos pela doença, seja para conter a proliferação desenfreada do vírus, bem como para imunizar a população. Nesse sentido, visando garantir o sucesso dos planos de imunização, no que tange à observância à ordem preferencial de vacinação é que se propõe penalizar com multa e demais sanções a conduta que a frustre, ademais, causa espécie que diante do quadro que se apresenta cidadãos tenham a falta de empatia e amor ao próximo em realizar tal ato, colocando em risco a vida de pessoas que estão fragilizadas”.
Assessoria/Caminho político
Caminho Politico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos