TODOS JUNTOS CONTRA A COVID-19

TODOS JUNTOS CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS

TRANSPARÊNCIA CORONAVÍRUS
Praça Alencastro, nº 158 - Centro

terça-feira, 9 de fevereiro de 2021

OPORTUNIDADES INTEGRADAS: Pinheiro defende maior equilíbrio no desenvolvimento econômico e social da Baixada Cuiabana

Nesta segunda-feira (08), o prefeito conduziu a primeira reunião como presidente do Consórcio Vale do Rio Cuiabá. O prefeito Emanuel Pinheiro conduziu, nesta segunda-feira (08), como presidente da associação, a primeira reunião extraordinária de 2021 do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico e Social do Vale do Rio Cuiabá. O encontro foi realizado em Santo Antônio de Leverger e contou com a presença de gestores de 11 municípios da Baixada Cuiabana.
No encontro, o chefe do Executivo da capital defendeu que seja promovida uma reformulação do atual modelo de desenvolvimento regional, no qual, segundo Pinheiro há uma desigualdade que prejudica o crescimento dos municípios de menor porte. Para Pinheiro, é necessário integrar e distribuir as oportunidade de crescimento, contemplando principalmente a região do Vale do Rio Cuiabá.
“A Baixada Cuiabana é onde fica a capital do estado e onde tudo começou. Somos mais de 1 milhão de habitantes e também possui as duas maiores cidades de Mato Grosso. Precisamos redesenhar esse processo que está em vigor atualmente, pelo qual poucos têm muitos e muitos têm pouco, especialmente no entorno de Cuiabá e Várzea Grande”, justificou o prefeito Emanuel Pinheiro.
Um das pautas encaminhadas na reunião foi o acesso ao programa Mais MT, que foi lançado pelo Governo do Estado. De acordo com Pinheiro, os municípios do Vale do Rio Cuiabá está unindo as forças políticas e administrativas para fazer com que esses investimento também atendam essa região que é a mais populosa do estado e com grande potencial de desenvolvimento econômico.
“Queremos acessar para o Vale de Cuiabá esse investimento, que está sendo distribuído para todo Mato Grosso. Os município menores, em especial, têm pago um preço muito caro por esse desequilíbrio na distribuição e devem ser olhados com outros olhos. Estamos nos unindo em prol de pautas integradas, de interesse comum, para que possamos gerar emprego e renda”, destacou Pinheiro.
Criado em dezembro de 2005, o Consórcio Vale do Rio Cuiabá é formado por Cuiabá, Várzea Grande, Acorizal, Barão de Melgaço, Chapada dos Guimarães, Jangada, Nobres, Nossa Senhora do Livramento, Nova Brasilândia, Planalto da Serra, Poconé, Rosário Oeste e Santo Antônio de Leverger. Com uma área aproximada de 76 mil quilômetros quadrados, esses municípios somam mais de 1 milhão de habitantes.
“A união do consórcio derruba fronteiras e passamos a nos entendemos como uma só região, com necessidades parecidas. Não é justo, por exemplo, que Cuiabá e Várzea Grande, por serem as duas maiores cidades, tenham um processo desenvolvimentista e cidades a 28 km, como Leverger, tenha pouco potencial explorado”, finalizou.
Assessoria/Caminho Político
@CaminhoPolitico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos