TODOS JUNTOS CONTRA A COVID-19

TODOS JUNTOS CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

MPF em Cuiabá

MPF em Cuiabá
Av. Miguel Sutil, nº 1.120, Esquina Rua J. Márcio (R. Nestelaus Devuisky) Bairro Jardim Primavera

quinta-feira, 25 de março de 2021

Agentes funerários, bombeiros e PMs poderão ser prioritários na vacinação da Covid-19

Projeto de lei de autoria do deputado Wilson Santos (PSDB) foi protocolado dia 17 na Assembleia Legislativa.
O deputado estadual Wilson Santos (PSDB) é o autor do projeto de lei (PL 171/2021) que inclui agentes funerários e agentes da segurança pública de Mato Grosso no grupo prioritário de vacinação contra o coronavírus (Covid-19). A proposta foi protocolada na Assembleia Legislativa no dia 17 deste mês. São compreendidos como agentes funerários os coveiros, atendentes, motoristas, auxiliares e demais trabalhadores de serviços funerários e de autopsia.
Na segurança pública, deverão ser incluídos no rol de prioritários os policiais civis e militares, bombeiros e agentes penitenciários.
O texto do projeto de lei diz que os agentes funerários estão lidando diariamente com a retirada de corpos em hospitais e residências e mantém contato direto com as famílias das vítimas da Covid-19, o que facilita o risco de contaminação e contágio da doença.
“Em diversos países, os profissionais do setor foram priorizados na vacinação contra o H1N1 e agora, seguirão no mesmo sentido. Nosso propósito é que o Estado de Mato Grosso siga nessa mesma direção e seja referência nacional na garantia de proteção adequada a esses trabalhadores e a população de nosso Estado”, justifica.
O parlamentar ainda ressalta que conter a disseminação do vírus passa essencialmente pela inclusão dos agentes da segurança pública que diariamente saem às ruas para garantir a ordem pública.
“Indispensável a necessidade de priorização dos profissionais de segurança pública, para que continuem exercendo, agora de modo biologicamente seguro – vez que vacinados -, a profissão de que tanto necessita a sociedade mato-grossense”, completa.
Assessoria/Caminho Político
Foto: Fablício Rodrigues
@caminhoPolitico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos