TODOS JUNTOS CONTRA A COVID-19

TODOS JUNTOS CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

MPF em Cuiabá

MPF em Cuiabá
Av. Miguel Sutil, nº 1.120, Esquina Rua J. Márcio (R. Nestelaus Devuisky) Bairro Jardim Primavera

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

quinta-feira, 25 de março de 2021

Presidente da Fecomércio-MT participa de reuniões com MPE e prefeito de Cuiabá para discutir impactos da pandemia

No final da tarde desta quarta-feira (24), o presidente da Fecomércio-MT, José Wenceslau de Souza Júnior, participou de duas reuniões, por meio de videoconferência, para discutir os impactos gerados pela pandemia da Covid-19 e as medidas para a manutenção das atividades comerciais. A primeira foi com o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, e, em seguida, com o procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges.
A reunião com o Ministério Público contou com a participação de representantes da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de MT (FCDL/MT), da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do estado (Facmat), da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL Cuiabá), da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) e da Associação Comercial e Empresarial de Cuiabá (ACC).
As entidades assumiram o compromisso de incentivar uma série de medidas junto aos empresários para reduzir o fluxo de pessoas nas ruas e no sistema de transporte coletivo. Entre as propostas constam a concessão de férias para parte dos funcionários; adesão do trabalho remoto sempre que possível, e realização de escalonamento das equipes de trabalho.
Os representantes das entidades relataram, ainda, a necessidade de uma campanha de conscientização para alertar a sociedade sobre a real gravidade da crise sanitária. “O vírus dissemina muito rápido e já fez mais de sete mil vítimas no estado. O comércio tem feito a sua parte, mas é preciso que todos tenham responsabilidade, evitando aglomerações e fazendo o uso constante da máscara e do álcool em gel”, enfatizou Wenceslau Júnior.
Para as entidades representativas do comércio, as aglomerações são justamente o maior problema e devem ser coibidas com ações enérgicas do Poder Executivo, com a realização de policiamento ostensivo, restrição da capacidade no transporte público, proibição da comercialização de bebidas alcoólicas e ampliação da testagem dos casos.
Diante das argumentações dos empresários, o procurador-geral de Justiça afirmou que o Ministério Público acionará a justiça somente se o governo estadual não adotar medidas de contenção da propagação do vírus. “Todas as propostas apresentadas pelo setor empresarial serão levadas ao conhecimento do governador”, garantiu ele.
Reunião com prefeito de Cuiabá
Na reunião com o prefeito de Cuiabá, a discussão teve como foco os setores que vêm sendo mais prejudicados durante a pandemia. Além do presidente da Fecomércio-MT, participaram a presidente do Sindieventos-MT, Alcimar Moretti, o presidente do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de MT (SHRBS-MT) Luis Carlos Nigro, o representante do Sindicato de Hotéis, Restaurantes e Bares de Várzea Grande (Shobresvag), Guilherme Verdum.
Os empresários solicitaram o apoio do gestor municipal para minimizar os danos causados às empresas que atuam nos setores de alimentação, hospedagem e eventos. Entre os pedidos que constam em ofício, estão a flexibilização dos horários de funcionamento dos bares e restaurantes, principalmente no horário de fechamento; a flexibilização para realização de eventos (com capacidade de público reduzida) e a isenção de impostos.
Durante a reunião virtual, Emanuel Pinheiro se comprometeu em apresentar um plano de ação na próxima terça-feira (30). “Vamos aguardar a proposta do prefeito para avaliar as medidas apresentadas. A situação desses segmentos é bastante crítica e merece total atenção dos nossos governantes”, afirmou o presidente.
Também participaram o secretário de Turismo de Cuiabá, Oscarlino Alves; o presidente e o diretor da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-MT), Gerson Honório da Silva, e Jack Abboudd, respectivamente; o presidente do Trade Turístico, Jaime Okamura; a representante da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Lenissa Rodrigues, e a assessora jurídica dos sindicatos, Cláudia Aquino.
Assessoria/Caminho Político
@CaminhoPolitico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos