TODOS JUNTOS CONTRA A COVID-19

TODOS JUNTOS CONTRA A COVID-19
Acompanhe os números de evolução da doença pelo painel do Ministério da Saúde

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

MPF em Cuiabá

MPF em Cuiabá
Av. Miguel Sutil, nº 1.120, Esquina Rua J. Márcio (R. Nestelaus Devuisky) Bairro Jardim Primavera

quarta-feira, 17 de março de 2021

Hospital Geral e Maternidade de Cuiabá faz campanha de incentivo à doação de sangue

O Hospital Geral e Maternidade de Cuiabá (HG), promove nesta quinta-feira (18.03) das 8h às 17h, no Ambulatório de Fissuras uma campanha de doação de sangue na unidade. A ação tem como objetivo sensibilizar a população e colaboradores para a importância de ser um doador e ajudar a salvar vidas.
Devido a pandemia do coronavírus, os estoques de sangue estão em baixa. Dessa forma, o hospital faz a campanha para conseguir doadores. Para evitar aglomerações, o atendimento é realizado mediante agendamento, que pode ser feito pelo telefone (65) 3363-7026. Com apenas uma doação, é possível salvar até quatro vidas, já que o sangue doado é dividido em componentes como hemácias, plaquetas e plasma. Os homens podem doar a cada dois meses e, no máximo, quatro vezes por ano. Já as mulheres têm a possibilidade de doar a cada três meses, desde que totalizem até três doações por ano.
“Doar sangue não é apenas um ato de solidariedade. É um ato de vida, de cidadania e de amor ao próximo. Cada doação pode ajudar a salvar até quatro vidas. Por isso, precisamos ter essa conscientização e realizar a doação”, acrescenta a diretora Assistencial do HG, Caroline Moura.
QUEM PODE DOAR?
É importante lembrar que doar sangue é seguro. Não há riscos de contrair doenças e o organismo repõe rapidamente o sangue doado. Para ser um doador, é preciso apenas levar um documento de identificação com foto, ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50 kg, além de ter boas condições de saúde e descansar na noite anterior à doação.
No caso de menores de 18 anos, será necessário apresentar uma autorização do responsável. Para doar sangue, a pessoa precisa seguir algumas orientações. Por exemplo, se o voluntário teve o coronavírus, deverá aguardar 30 dias para realizar a doação.
Também não poderá doar sangue de imediato quem estiver com sintomas de gripe ou resfriado. Além disso, pessoas que tomaram a vacina contra Influenza ou covid-19 devem aguardar 48h para doar. Caso tenha tomado as vacinas, é necessário o doador de sangue levar o cartão de vacina.
Outras recomendações também são necessárias. Confira:
- Não estar em jejum;
- Repouso mínimo de seis horas na noite anterior à doação;
- Não ingerir bebida alcoólica nas 12 horas anteriores;
- Evitar fumar pelo menos duas horas antes da doação.
Soraya Medeiros/Caminho Político
@CaminhoPolitico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos