DIRETO DA VENEZUELA

DIRETO DA VENEZUELA
Tweets por ‎@infoenlaceweb INSTAGRAM @INFOENLACEWEB

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Endereço: Av. André Maggi, 6 - Centro Político Administrativo

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

quinta-feira, 11 de março de 2021

Procon Cuiabá cobra transparência na divulgação dos impostos cobrados nos combustíveis

O secretário-adjunto de Defesa do Consumidor, Genilto Nogueira, cobra maior transparência do Governo do Estado de Mato Grosso quanto à publicidade dos impostos cobrados nos preços dos combustíveis automotores. A medida tem como base o novo Decreto Federal nº 10.634, publicado em 22 de fevereiro de 2021, que dispõe sobre as novas formas de divulgação dos preços nos postos.
Segundo o titular do Procon Cuiabá, os valores cobrados na bomba devem ser expostos de forma clara para que os consumidores saibam o que realmente estão pagando no abastecimento de seus veículos. “Já fizemos o encaminhamento junto ao Sindicato de Comércio Varejista de Derivados do Petróleo de Mato Grosso, o Sindipetróleo, para informar os revendedores dessa nova atribuição”, destaca o adjunto.
Genilto explica que, além da competência do Sindicato em repassar essas informações aos postos, o Governo do Estado também tem essa responsabilidade. Ele argumenta que a alta no preço dos combustíveis tem impacto direto em outros produtos, inclusive os itens de cesta básica de alimentos que dependem do transporte para chegar à mesa do consumidor final.
“É uma cadeia que precisa ser quebrada para que o consumidor possa pagar por um valor justo, ainda mais nesse momento de pandemia e crise mundial. Toda essa falta de informação gera conflito na relação de consumo”, pondera.
O secretário-adjunto também afirma que já está sendo feito um estudo sobre a aplicação de multas para aqueles que descumprirem a normativa. “É preciso que os consumidores solicitem as notas fiscais para saber o que estão pagando e, caso se sintam prejudicados, registrem suas denúncias”, ressalta.
O Procon Cuiabá disponibiliza três formas de acesso virtual, a fim de evitar aglomerações e contatos neste momento de pandemia do novo coronavírus. Os registros podem ser feitos pelo aplicativo “Procon Cuiabá”, que pode ser baixado pelo sistema Android e IOS, pelo wattsapp (65) 3614-6400 e via e-mail procon.cuiaba@cuiaba.mt.gov.br.
Assessoria/Caminho Político
Foto: Davi Valle
@CaminhoPolitico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos