The New York Times Company

The New York Times Company
Get the best of The Times in your inbox. Our newsletters are free, and you can unsubscribe at any time.

Mobilidade Urbana - Prefeitura de Cuiabá - Secretario Juares Samaniego

Mobilidade Urbana - Prefeitura de Cuiabá - Secretario Juares Samaniego
Endereço: Rua 13 de Junho, 1289 Telefone: (65) 3315-4220

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi, 6 - Centro Político Administrativo,

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

segunda-feira, 5 de abril de 2021

Missão: Vendedor

Ser um vendedor de alta performance está muito além do que uma arte ou sobre dominar técnicas avançadas de vendas. Ser vendedor é antes de qualquer coisa, uma questão de espírito. Espírito de servir ao próximo.
Entender e perceber isso é importante para que você vendedor, por meio da sua profissão, ajude e contribua para que o seu cliente cresça e consiga agregar valor ao negócio dele antes de pensar no seu próprio resultado. A Missão do vendedor é ajudar o cliente a evitar um problema, a resolver um problema ou obter um benefício.
Mas, muitas vezes, nos vendedores, nos preocupamos demais com o que temos que ter como: atingir metas, com processos e atividades, com resultados financeiros, com planilhas, com processos e atividades e acabamos que deixamos de lado algo que é mais nobre que é nossa missão de vendedor. Quando começar a perder o foco e a só se preocupar e pensar nas atividades cansativas e muitas vezes repetitivas, que tem que fazer, nas infinidades de tarefas que tem que cumprir e nas cobranças que, sei que não são poucas, vem de todos os lados tanto profissional como pessoal.
Lembre-se que existe algo muito maior do que isso, que é a sua missão de vendedor. E que, se você deixar de cumpri-la e não a fizer por questões pessoais, o cliente não vai conseguir evitar um problema resolver um problema ou obter um benefício.
Importante, pode ser que ele (o cliente), não perceba o valor que você, sua empresa, produto ou serviço agregue ao negócio dele. E que por isso, o seu resultado naquele cliente demore a acontecer e que será preciso investir mais tempo e insistir para isso ocorra. Perceba, isso não muda a sua missão.
Além disso, o seu processo de vendas, com aquele cliente pode se tornar mais complexos e talvez você irá ter que usar técnicas e argumentos diferentes, novamente, isso não muda a sua missão.
Quando entramos em um processo de vendas, é normal estarmos otimistas e com muita esperança que iremos conseguir fechar a venda e muitas vezes não é isso que acontece. Não tem problema se acontecer isso, o problema aparece quando essa negação começa a afetar psicológico e você começa a ficar com uma reação negativa em relação ao cliente e para consigo mesmo.
Em vendas e na vida, o importante não é o que acontece com a gente. É o que a gente faz com o que acontece com a gente. É preciso ter a atitude de se elevar e levar energia positiva para o outro.
Ser vendedor é ter consciência que na maioria das vezes iremos ouvir um não ou nem sempre vamos ouvir o sim imediatamente. Não importa o sim ou não do cliente. O que realmente importa é que o cliente vai sinalizando o meu processo
de melhoria e eu vou caminhando passo a passo em direção ao meu objetivo que no final vai me dar um resultado positivo, mas, ele o cliente, também vai receber algo positivo nesse processo de evolução.
Lembre-se que você está em uma jornada. Ela tem um grande motivo que é a sua meta seja financeira, volume ou outra que precisa ser atingida, mas, acima dela está a sua missão de vendedor.
Luiz Vicente Dorileo da Silva – “SHIPU”, palestrante, consultor formado em administração com MBA Executivo Internacional e especialista em Marketing. shipumt@hotmail.com / @shipum

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos