Instec Instituto de Tecnologia Educação e Comunicação

Instec Instituto de Tecnologia Educação e Comunicação
Av. Rui Barbosa, S/N- Jardim Universitrio, Cuiabá - Mato Grosso. As informações de contato se encontram no (65) 99293-3962

Vereador Didimo Rodrigues Vovó

Vereador Didimo Rodrigues Vovó
Trabalhar por uma Cuiabá melhor

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

Senado Federal

Senado Federal
Para saber mais sobre essa unificação, clique aqui.

sábado, 1 de maio de 2021

CORONAVÍRUS: Em novo recorde, Índia supera 400 mil casos de covid-19 em 24 horas

País tenta acelerar vacinação em adultos, apesar de falta de doses. Cifra oficial de mortos por covid-19 supera 211 mil, mas número real pode ser muito maior. Alemanha e EUA enviam equipamentos e oxigênio. A Índia registrou neste sábado (01/05) 401.993 infecções em 24 horas, um novo recorde mundial, enquanto tenta fazer frente à alta dramática de casos, ampliando seu programa de vacinação para todos os adultos, apesar de muitos estados não terem doses suficientes para atender à demanda.
O país enfrenta uma alta dramática de contágios numa segunda onda infecções que sobrecarrega o sistema de saúde, principalmente na capital, Nova Déli. As mortes em decorrência ao coronavírus ultrapassaram oficialmente 200 mil nesta semana, e acredita-se que o número real de mortos seja muito maior.
Os novos casos diários ultrapassaram a marca de 300 mil em nove dias seguidos.
Ao todo, foram registradas oficialmente mais de 19,16 milhões de infecções por covid-19 na Índia, o segundo maior número de casos no mundo, depois dos EUA. A cifra oficial de mortos em consequência do vírus subiu neste sábado em 3.523, chegando a 211.853.
Alemanha envia ajuda
Mais de 40 países se comprometeram a enviar ajuda médica. Um avião A350 da Força Aérea da Alemanha está levando 120 respiradores e medicamentos para a Índia.
Uma aeronave militar dos EUA transportando mais de 400 cilindros de oxigênio, outros equipamentos hospitalares e quase um milhão de testes rápidos de coronavírus chegou a Nova Déli na sexta-feira.
Apesar de ser o maior fabricante mundial de vacinas, a Índia continua com falta de doses, devido à escassez de insumos.Alerta
Um grupo de consultores científicos criado pelo governo indiano havia alertado no início de março para a disseminação de uma nova e mais contagiosa variante de coronavírus. Críticos dizem agora que as autoridades ignoraram os apelos para impor restrições para impedir a propagação do vírus. Em vez disso, milhões de pessoas sem máscara compareceram a festivais religiosos e eventos políticos nos últimos dois meses.
Incêndio em hospital
Pelo menos 18 pessoas morreram em um incêndio em uma ala de covid-19 em um hospital no estado de Gujarat, no oeste da Índia, incluindo 16 pacientes e duas enfermeiras. O fogo atingiu a unidade de terapia intensiva do hospital Patel Welfare, na cidade de Bharuch. De acordo com as investigações preliminares, um curto-circuito teria sido a causa da tragédia.
Vários acidentes ocorreram recentemente em hospitais no país, alguns deles possivelmente causados ​​por explosão de tanques de oxigênio. Há pouco mais de uma semana, 13 pacientes com covid-19 morreram em um incêndio na UTI de um hospital perto de Mumbai. Poucos dias antes, 22 pacientes com coronavírus morreram em outro hospital no estado de Maharashtra, devido à falta oxigênio provocada por um defeito.
md (Reuters, AFP)cp
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos