PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

VI SIMPÓSIO SOBRE DISLEXIA DE MATO GROSSO – 2021 - MINICURSOS

VI SIMPÓSIO SOBRE DISLEXIA DE MATO GROSSO – 2021 - MINICURSOS
PLATAFORMA EAD DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MATO GROSSO Cuiabá - MT.

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

sexta-feira, 21 de maio de 2021

Maior iceberg do mundo se desprende da Antártida

Placa de gelo com mais de 4,3 mil quilômetros quadrados, quase três vezes a área da cidade de São Paulo, se separou da parte noroeste do continente gelado, no Mar de Weddell, segundo a Agência Espacial Europeia. Uma gigantesca placa de gelo se desprendeu da borda congelada da Antártida no Mar de Weddell, dando origem ao maior iceberg do mundo, afirmou a Agência Espacial Europeia (ESA, na sigla em inglês) em um comunicado divulgado nesta quarta-feira (19/05).
O iceberg, denominado A-76, tem cerca de 170 quilômetros de comprimento e 25 quilômetros de largura. Sua área total é de 4.320 quilômetros quadrados, superfície correspondente a quase três vezes a área da cidade de São Paulo, segundo imagens de satélite capturadas pelo Copernicus, programa de monitoramento das mudanças climáticas da ESA.
O A-76 se separou da plataforma de gelo Ronne, no noroeste da Antártida, e foi detectado pela primeira vez pela instituição britânica de pesquisa da Antártida British Antarctic Survey (BAS). Ele também foi detectado pela missão Copernicus Sentinel-1, da ESA, que envolve dois satélites em órbita polar.
O Centro Nacional de Gelo dos Estados Unidos confirmou o iceberg usando as imagens do Copernicus Sentinel-1.
O A-76 assumiu o posto de maior iceberg do mundo, até então ocupado pelo A-23A, que também flutua no Mar de Weddell e tem aproximadamente 3.380 quilômetros quadrados.
A plataforma de gelo Ronne é uma das maiores das várias camadas gigantescas de gelo flutuantes que se conectam à massa de terra do continente e se estendem para os mares circundantes.
Embora o desprendimento regular de grandes pedaços das plataformas de gelo faça parte de um ciclo natural, algumas plataformas sofreram um rápido rompimento nos últimos anos.
Mudanças climáticas
Cientistas dizem que o fenômeno pode estar relacionado às mudanças climáticas, de acordo com o Centro Nacional de Dados sobre Neve e Gelo dos Estados Unidos.
Em novembro do ano passado, o que era então o maior iceberg do mundo parecia estar em rota de colisão com uma ilha remota do Atlântico Sul, santuário marinho, lar de milhares de pinguins e focas, ameaçando impedir sua capacidade de coletar alimentos.
O iceberg, conhecido como A-68A, se separou da plataforma de gelo Larsen, que aqueceu mais rápido do que qualquer outra parte do continente mais ao sul da Terra.
O A-68A, que tinha 160 quilômetros de comprimento e 48 quilômetros de largura, se partiu antes que pudesse causar qualquer dano à abundante vida selvagem no território britânico ultramarino da Geórgia do Sul.
md/lf (Lusa, EFE, AFP)cp
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos