PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

Hospital Estadual Santa Casa

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

quarta-feira, 30 de junho de 2021

OPORTUNIDADE :Desenvolve MT lança programa para incentivo do empreendedorismo feminino

O programa começa com o lançamento da linha de crédito Mulher Artesã destinada a 250 artesãs em Mato Grosso. Integrada e atenta aos movimentos da sociedade, a Agência de Fomento de Mato Grosso – Desenvolve MT lançou nesta terça-feira (29.06), durante evento online, o programa Banco da Mulher Empreendedora.
A proposta de criação do Banco da Mulher, é uma iniciativa da primeira dama do Estado Virgínia Mendes, que busca dar visibilidade ampliar o acesso ao crédito facilitado, para atingir o maior número de mulheres com espírito empreendedor. O programa de financiamento é destinado a estimular o empreendedorismo feminino, gerar emprego e renda. Apoiar o financiamento dos pequenos negócios, que tenham à frente mulheres que almejam iniciar o seu empreendimento ou pretendam modernizar suas atividades.
A primeira operação do programa começa com o lançamento da linha de crédito Mulher Artesã destinada a 250 artesãs vinculadas as associações em Mato Grosso. E que conta com o apoio e expertise da vereadora Maria Avalone, uma mulher atuante e conhecedora do setor.
Para o presidente da Desenvolve MT o programa é um complemento das ações de Governo desenvolvido pela primeira dama e da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc). “ O objetivo do programa é levar dignidade as mulheres para que consigam gerar a sua própria renda’’, explica Jair Marques.
Segundo dados do Sebrae, a maioria das mulheres empreende por necessidade, para cuidar dos filhos e sustentar a família. Quase todas precisam começar do zero, sem recursos, ou com alguma poupança familiar, poucas têm acesso a crédito para iniciar a atividade.
Em 2020, 41% dos financiamentos concedidos pela Desenvolve MT foram destinados para mulheres empreendedoras. As principais áreas de atuação das mulheres que procuram crédito na agência são os setores de alimentação, serviço de beleza, confecção e comércio.
“Estamos muito felizes com a proposta. O crédito é uma oportunidade para multiplicar o nosso trabalho, aumentar o fluxo e melhorar a renda dos artesãos, ressalta Dalva Cristiana, artesã e presidente da Associação Girassol em Tangará da Serra.
Participaram do evento, cerca de dezoito profissionais artesãs de Mirassol do Oeste, Chapada dos Guimarães, Juína, Sinop, Cuiabá e Tangará da Serra. As assessoras do núcleo de artesanato da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec), Carolina Arruda e Miriam Lígia Moreira; Marilene Marchesi e Arielle Heredia, representando a primeira dama do Estado e assessoras da Unidade de Ações Sociais e Atenção à Família (Unaf); Deize Águena, coordenadora de cultura da Associação de Mulheres de Negócios de Cuiabá (BPW) e Patrícia Araújo Campos, representando o Conselho de Ministro Evangélicos de Cuiabá (Comec).
O que é possível financiar?
A linha de crédito Mulher Artesã destinada para o Microempreendedor (MEI) e, terá prazo de pagamento 24 meses, e 03 meses de carência. O valor do crédito será de R$3 mil reais para empresa com atividade mínima de seis meses, e R$5 mil para reestruturação da empresa acima de 12 meses de atividades.
Para pessoa física o valor será de até R$ 3 mil reais com início da atividade mínima de três meses.
Será possível financiar aquisição de maquinário, equipamentos, mobiliário. E capital de giro para formação de estoques e manutenção do empreendimento.
Uma das propostas do programa é capacitar as mulheres para que possam ter o conhecimento e a alma empreendedora. A empreendedora que optar pela capacitação terá uma taxa mais atrativa na concessão do crédito.O presidente da Desenvolve MT Jair Marques; Júlio César da Silva Campos - Assessor Executivo da Desenvolve MT e coordenador do Programa Banco da Mulher; e o Agente de Crédito Júlio Pereira, durante apresentação do evento.
Livia Rabani/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos