PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

VI SIMPÓSIO SOBRE DISLEXIA DE MATO GROSSO – 2021 - MINICURSOS

VI SIMPÓSIO SOBRE DISLEXIA DE MATO GROSSO – 2021 - MINICURSOS
PLATAFORMA EAD DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MATO GROSSO Cuiabá - MT.

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

quinta-feira, 24 de junho de 2021

Vereador pede inclusão de pilotos e comissários de bordo no grupo prioritário de vacinação

A intenção do parlamentar é garantir a segurança desses profissionais que não paralisaram as suas atividades.
O vereador Paulo Henrique Figueiredo (PV) solicitou a inclusão de pilotos, comissários de bordo e controladores de voos que se encontram em atividade, no grupo prioritário de vacinação contra à Covid-19. A intenção do parlamentar é garantir a segurança desses profissionais que não paralisaram as suas atividades, e também dos passageiros que acabam tendo contato com essa categoria. “Vale mencionar, ainda, que os pilotos e comissários de bordo podem servir de vetores do vírus, uma vez que têm contato direto com várias pessoas a bordo da aeronave, o que pode causar a transmissão”, acrescentou o parlamentar.
Além disso, cita o fato de serem considerados profissionais essenciais ao controle de doenças e à manutenção da ordem pública, além do papel vital do transporte aéreo na facilitação da resposta global à pandemia, incluindo a distribuição oportuna de medicamentos, kits de testes, equipamentos de proteção e, eventualmente, vacinas em todo o mundo.
A solicitação foi feita por meio de indicação, a qual foi apresentada e aprovada na sessão ordinária desta terça-feira, dia 22. A medida tem como base a Lei Federal n.º 13.979/2020, que determina que o poder público deve adotar medidas para preservar a saúde e a vida de todos os profissionais considerados essenciais ao controle de doenças e à manutenção da ordem pública.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos