PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

VI SIMPÓSIO SOBRE DISLEXIA DE MATO GROSSO – 2021 - MINICURSOS

VI SIMPÓSIO SOBRE DISLEXIA DE MATO GROSSO – 2021 - MINICURSOS
PLATAFORMA EAD DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MATO GROSSO Cuiabá - MT.

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

quinta-feira, 22 de julho de 2021

CORONAVÍRUS: Variante delta poderá ser dominante em poucos meses, alerta OMS

A cepa altamente contagiosa do coronavírus já está presente em 124 países e responde por mais de 75% dos casos em várias nações. Mundo se aproxima de 200 milhões de infectados. A altamente contagiosa variante delta do coronavírus deve se tornar nos próximos meses a cepa dominante no mundo, alertou a Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta quarta-feira (21/07).
A variante delta foi detectada pela primeira vez na Índia e há registros dela em 124 territórios – 13 a mais do que na semana passada – e já responde por mais de 75% das amostras sequenciadas em muitos dos principais países, afirmou a OMS.
"Espera-se que a variante delta supere rapidamente as outras variantes e se torne a linhagem dominante em circulação nos próximos meses", divulgou a agência sanitária das Nações Unidas em sua atualização epidemiológica semanal.
Entre as outras três variantes preocupantes do coronavírus, a alfa, detectada inicialmente no Reino Unido, foi registrada em 180 territórios (aumento de seis em relação à semana passada), a beta, que surgiu primeiramente na África do Sul, possui registro em 130 territórios (aumento de sete), e a gama, originária do Brasil, está presente em 78 territórios (aumento de três).
De acordo com as sequências do Sars-Cov-2 submetidas à iniciativa científica global Gisaid durante as quatro semanas prévias ao dia 20 de julho, a prevalência da variante delta excedeu 75% em vários países. A lista inclui África do Sul, Austrália, Bangladesh, Cingapura, China, Dinamarca, Índia, Indonésia, Israel, Portugal, Reino Unido e Rússia.
"Evidências cada vez mais notórias sustentam o aumento da transmissibilidade da variante delta em comparação com as cepas que não são consideradas preocupantes. No entanto, o mecanismo exato para o aumento da transmissibilidade permanece obscuro", disse a OMS.
Mundo se aproxima de 200 milhões de casos
A organização informou que cerca de 3,4 milhões de novos casos de covid-19 foram relatados ao longo da semana que terminou em 18 de julho – um aumento de 12% em relação à semana anterior.
"Nesse ritmo, espera-se que o número acumulado de casos notificados globalmente possa ultrapassar 200 milhões nas próximas três semanas", estipulou a OMS.
Segundo a contagem realizada pela universidade americana Johns Hopkins, o mundo registrou, desde o início da pandemia, mais de 191 milhões de infecções pelo coronavírus e 4,12 milhões de mortes ligadas à doença.
A Organização Mundial da Saúde afirmou que o aumento global na transmissão parece ser impulsionado por quatro fatores: mais variantes transmissíveis; o relaxamento das medidas restritivas de saúde pública; o aumento da interação social e um elevado número de pessoas ainda não vacinadas.
Os casos de infecção aumentaram 30% na região do Pacífico Ocidental e 21% na região europeia. Os números mais expressivos foram registrados na Indonésia (350.273 novos casos – aumento de 44% em relação à semana anterior), Reino Unido (296.447 novos casos – aumento de 41%) e Brasil (287.610 novos casos – queda de 14%).
O número de mortes semanais no mundo, no entanto, permaneceu estável em torno de 57 mil óbitos – taxa semelhante à registrada na semana anterior, após um declínio constante por mais de dois meses.
pv/ek (AFP, ots)cp
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos