PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

Hospital Estadual Santa Casa

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

sábado, 24 de julho de 2021

EDUCAÇÃO BÁSICA: Semana de Combate à Violência Contra a Mulher proposta por alunos do Notre Dame vira lei federal

A iniciativa foi apresentada ao deputado federal Emanuel Pinheiro Neto, autor do projeto de lei sancionado pela Presidência da República.
Está em vigor desde 10 de junho de 2021 a Lei N° 14.164, que institui a Semana Escolar de Combate à Violência Contra a Mulher, a ser realizada anualmente no mês de março, em todas as instituições públicas e privadas de ensino da educação básica do Brasil. A lei é resultado de um projeto criado por um grupo de alunos do Colégio Notre Dame de Lourdes, de Cuiabá (MT), e transformada em projeto de lei na Câmara Federal pelo deputado Emanuel Pinheiro Neto (Emanuelzinho).
O grupo foi constituído pelos alunos Amini Haddad (Presidente), que idealizou e propôs à escola o projeto, Ricardo César Moreira Júnior (Vice-Presidente), Ana Carolina Ulhoa Xavier (Ministra), e Sophia Rodrigues Marangoni dos Santos (Secretária-Geral). Para desenvolver a proposta, o grupo contou com o apoio dos professores e também do pai de Amini, o juiz Jamilson Haddad, que é titular da Primeira Vara de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Cuiabá.
“Fiquei extremamente feliz e emocionada ao saber que o projeto que idealizei no Colégio Notre Dame virou uma Lei Federal tão importante e necessária para o país. Acredito na capacidade que nós estudantes temos para contribuir com ideias e projetos que resultem em melhorias para a sociedade e tenho a certeza de que essa Lei promoverá a diminuição da Violência contra as mulheres no Brasil e trará uma relação mais saudável, com igualdade e respeito entre homens e mulheres”, comemora Amini Haddad .
A irmã Marluce Almeida, diretora da escola, destaca a dedicação dos alunos no projeto, que começou a ser desenvolvido durante o 7° ano, e que tinha o objetivo de propostas que pudessem causar um processo de mudança.
“Para nós é uma alegria muito grande ver a nossa proposta pedagógica dando uma visibilidade à transformação social, porque isso faz parte da filosofia do colégio. Esse é um tema atual, para o mundo inteiro, porque estamos vendo muitas situações em que o direito da mulher está sendo violado. É um presente muito grande porque acreditamos que nossos estudantes são protagonistas desse processo de construção, de esperança de um mundo mais humano, mais fraterno”, reafirma a diretora.
Autor do projeto de lei criado a partir da proposta dos alunos do Notre Dame, o deputado Emanuelzinho afirma acreditar na educação como ferramenta de transformação. ““Esperamos corrigir essa contradição com a realização da Semana Escolar de Combate à Violência contra a Mulher nas escolas. Seja para os alunos mais carentes, seja para os mais abastados, pois a violência contra a mulher não escolhe classe social. As mulheres em distintos graus de educação, situação financeira e familiar correm risco”, destaca Emanuel.
O juiz Jamilson Haddad também manifesta a satisfação de ver o resultado do trabalho escolar. “Muito feliz e emocionado por minha filha Amini e seus colegas. Parabéns ao Colégio por incentivar os seus alunos em temáticas relevantes para a sociedade e parabéns ao Deputado Federal Emanuelzinho por ter valorizado e dado toda atenção aos alunos e por ter proposto esse Projeto de Lei e ter se empenhado para que fosse aprovado no Congresso Nacional”.
O magistrado também renova suas esperanças em um futuro próximo melhor na relação humana. "Acredito na força das crianças e dos adolescentes na compreensão e na replicação da importância de um viver sem Violência contra as Mulheres e na convivência sadia entre os seres humanos”.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos