Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
AV. CASTELO BRANCO, 2500 - CENTRO SUL, VÁRZEA GRANDE

segunda-feira, 5 de julho de 2021

Papa Francisco passa bem após cirurgia

Pontífice de 84 anos teve parte do intestino grosso removida e ficará internado por cerca de sete dias em observação. Após procedimento de três horas, ele está alerta e respira sem ajuda de aparelhos. O papa Francisco passa bem após ser submetido a uma cirurgia para remover parte do cólon. Ele está alerta, respira sem ajuda de aparelhos, e está em boas condições gerais, informou o Vaticano nesta segunda-feira (05/07).
O pontífice, de 84 anos, deve permanecer hospitalizado por cerca de sete dias para evitar possíveis complicações. Ele passou por um procedimento cirúrgico de três horas de duração no domingo, com uma equipe de dez médicos no hospital Gemelli, em Roma, disse o porta-voz do Vaticano, Matteo Bruni, em nota.
O papa foi submetido a uma hemicolectomia esquerda, um procedimento no qual um lado do cólon (parte do intestino grosso) é removido. O procedimento havia sido agendado para tratar de uma estenose diverticular, condição caracterizada por pequenas bolsas que surgem na camada muscular do cólon, o que gera um estreitamento.
O comunicado do Vaticano não especifica se a decisão de remover parte do cólon foi tomada antes ou durante a cirurgia. Além de causar dor, o problema, bastante comum em idosos, pode gerar inchaços, inflamações e dificuldades para o funcionamento do intestino.
Esta foi a primeira vez que Francisco foi hospitalizado desde que foi eleito para o pontificado, em 2013. O enorme hospital e escola de medicina administrado pela Igreja Católica, que trata tradicionalmente dos pontífices, possui uma área do décimo andar permanentemente reservada para eles.
A cirurgia parece ter sido programada para o mês em que o papa tem somente um compromisso por semana, que são as cerimônias dominicais na Praça São Pedro. Em julho, o papa costuma suspender seus afazeres habituais e audiências privadas.
O Vaticano disse que não está claro se Francisco poderá deixar o hospital a tempo da cerimônia do próximo domingo.
Nervo ciático e parte do pulmão removida
A internação do papa gerou surpresa, por ter ocorrido três horas após ele aparecer, aparentando boa saúde, ao se dirigir aos fiéis na praça São Pedro e anunciar uma viagem para Eslováquia e Hungria em setembro.
O papa às vezes tem dificuldades para respirar, por ter uma parte de seu pulmão removida quando ainda era jovem e vivia na Argentina.
Ele também recebe tratamento regular para dores no nervo ciático, que irradiam desde a parte inferior das costas até as pernas. O problema o obrigou a faltar a diversos compromissos no início do ano e, em alguns momentos, fez com que tivesse dificuldades para caminhar.
rc/lf (AFP, Reuters)cp
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos