PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

Hospital Estadual Santa Casa

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

quinta-feira, 12 de agosto de 2021

Assembleia vai discutir o “Profuncionário” em audiência pública proposta por Barranco

A audiência ocorrerá no dia 16 de agosto, na Sala de Comissões, às 14 horas, por meio virtual.
A Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) aprovou o requerimento do deputado estadual Valdir Barranco (PT) e vai realizar, na próxima segunda-feira, dia 16 de agosto, audiência pública para discutir o Profuncionário, o Programa de Formação Inicial em Serviço dos Profissionais da Educação Básica dos Sistemas de Ensino Público de Mato Grosso. Criado em 2007, o Profuncionário visa a formação, em nível inicial e por meio de cursos técnicos, dos funcionários de escolas públicas da educação básica, em efetivo exercício, em curso compatível com as atividades desempenhadas no dia a dia do profissional.
Segundo o parlamentar, o pedido pela audiência veio após solicitar, sem sucesso, informações ao Secretário de Estado de Educação, Alan Porto, sobre a retomada do Programa, e por ele ser o único instrumento de qualificação dos servidores e, mesmo assim, estar suspenso por falta de recursos do Governo Federal.
“Essa estagnação vem prejudicando os profissionais da educação, técnicos e apoio administrativo, por isso iremos debater, com a participação da Secretaria de Educação (Seduc-MT), da Assembleia, do deputado Alan Kardec (PDT), da deputada Janaína Riva (MDB), que são meus parceiros nessa audiência pública, a importância de voltarmos e reestabelecermos o Profuncionário. Pois ele dará à todos os profissionais as condições necessárias para a formação e capacitação, tanto para servir a sociedade e a educação do Estado, mas também para incrementar e melhorar ainda mais a carreira desses profissionais”, salientou o deputado.
O abandono sem qualquer justificativa do programa não deve ser seguido pela Assembleia, e nós temos o dever de saber o real motivo de mais esse descaso com os profissionais da educação de Mato Grosso. Afinal, segundo o art. 61 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei nº 9394/1996), bem como no parágrafo único do art. 62-A, a profissionalização de todos os funcionários da educação é um direito assegurado.
“Uma iniciativa tão importante para o Estado, para os nossos profissionais e para os nossos alunos e alunas não pode ficar parado por tanto tempo assim. O programa é um instrumento da Política Nacional de Formação dos Profissionais da Educação Básica e não pode ser colocada para escanteio da forma como está sendo”, finalizou.
Não se esqueça, a audiência pública ocorrerá na segunda-feira, dia 16 de agosto, na Sala das Comissões, por meio virtual da Casa de Leis, às 14 horas.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos