PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

Hospital Estadual Santa Casa

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

terça-feira, 17 de agosto de 2021

Crea-MT presente no 4º Encontro Nacional de Fiscalização (Enafisc)

A seleção de empreendimentos a serem fiscalizados, indicadores, prazos e metas a serem alcançadas foram os temas que alimentaram os debates da oficina sobre Meta de Fiscalização ciclo 2022-2023, que encerrou os trabalhos do 4º Encontro Nacional de Fiscalização (Enafisc), do Sistema Confea/Crea, no dia 13 de agosto.
Representando o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT), o gerente de fiscalização, Jackson Paulo da Conceição destacou que o Enafisc é muito importante para os fiscais no que tange a uniformização das atividades a nível nacional. “ Um exemplo desta uniformização foi a fiscalização em hospitais, discutida no encontro anterior. Após realizada as ações e explicado qual a função destas verificações o corpo clinico e administrativo hospitalar entendeu qual o papel do conselho, e percebeu a importância de contratar um profissional habilitado “in loco” para que não falte condições de trabalho para seus médicos combaterem a pandemia”, enaltece o gerente Jakson.
No início da oficina, Priscila Ferreira, da Gerência de Planejamento e Gestão, do Confea, afirmou que, no anteprojeto de resolução da fiscalização – Decisão Normativa 95, aberta para consulta pública no site do Confea –, estão sendo usados novos critérios para os programas de fomento das atividades dos Creas. “Nossa leitura tem que atender e entender o momento que estamos vivendo. Ampliar a fiscalização de empreendimentos que demandam serviços de engenharia objetiva proteger a vida”, afirmou.
“A premissa para a execução da meta é a elaboração de notas técnicas específicas, definição de critérios e métricas de desempenho e resultado. Nossa ideia é até o final do ano ter o conjunto básico de parâmetros para que os Creas iniciem a fiscalização de forma planejada com metas já definidas”, informou Prícila, pouco antes de os gerentes regionais decidirem, entre 14 ramos de empreendimentos, os que serão fiscalizados nas áreas das Engenharias e da Agronomia, ficando assim definido: geração e distribuição de energia solar fotovoltaica; centros comerciais, shoppings, hotéis, locais para show; agrotóxicos; indústria de alimentos.
Os trabalhos foram coordenados pela eng. agr. Andréa Bondrani, coordenadora adjunta da Comissão de Ética e Exercício Profissional (CEEP). Ao encerrar os trabalhos, em nome do presidente do Confea, eng. civil Joel Krüger, Andréa agradeceu pelo “empenho de todos no aperfeiçoamento da fiscalização das atividades profissionais”.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos