Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

Salesiano Santo Antônio

Salesiano Santo Antônio
Rua Alexandre de Barros, 387, Chácara dos Pinheiros Cuiabá

Mixto Esporte Clube

Mixto Esporte Clube
Nas origens do Mixto uma mescla de cultura, tradições regionais e esportes praticados por homens e mulheres.

Prefeitura Municipal de Rondonópolis

Prefeitura Municipal de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022

sexta-feira, 3 de setembro de 2021

Acordo de cooperação garante avanço de novo trecho de ferrovia em Mato Grosso
















Presidente da Frente Parlamentar de Logística e Infraestrutura destaca implantação de mais 557 quilômetros de ferrovia ligando o Nortão ao Araguaia.
O Ministério da Infraestrutura e o Governo de Mato Grosso assinaram nesta quinta-feira, 3, acordo de cooperação para o Sistema Ferroviário de Mato Grosso. Firmado no começo da noite, o acordo reforça a segurança jurídica do chamamento público que prevê a extensão da Ferronorte - de Rondonópolis a Cuiabá, e depois para Nova Mutum e Lucas do Rio Verde. O chamamento foi finalizado na quinta-feira e o resultado será conhecido nesta sexta-feira, 3.
A assinatura do termo viabilizou a manutenção da Medida Provisória 1.065/2021, que trata das autorizações para implantação de ferrovias, editada no começo da semana. A MP corria o risco de ser devolvida pelo presidente do Congresso, Rodrigo Pacheco, uma vez que está pronto para ser votado o Projeto de Lei 261/2018, de autoria do senador José Serra (PSDB-SP), que trata do Marco Legal das Ferrovias.
Presidente da Frente Parlamentar de Logística e Infraestrutura, o senador Wellington Fagundes (PL-MT) afirmou que as ações da bancada de Mato Grosso no Senado foram fundamentais. “É um dia importante porque além de avançar com a Ferronorte para Cuiabá e Norte do Estado, se abriu a possibilidade de, em pouco tempo, ter mais esse trecho ligando o Norte ao Araguaia” – explicou.
Com a manutenção da norma, o Governo Federal pode realizar o lançamento do projeto “Setembro Ferroviário”, com a formalização de cinco interessados em construir 10 novas ferrovias pelo sistema de autorização, sem a necessidade de leilão. A VLI Multimodal encaminhou pedido de autorização para implantar 557 quilômetros de trilhos ligando Água Boa a Lucas do Rio Verde. Esse trecho compõe a Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (FICO), que ligará Água Boa até a Ferrovia Norte-Sul, na altura do município de Mara Rosa, em Goiás, numa extensão de 383 km.
No trecho ferroviário em solo mato-grossense, a VLI prevê investimentos na ordem de R$ 6,4 bilhões. Durante o evento de lançamento do “Setembro Ferroviário” no Palácio do Planalto, o ministro Tarcísio de Freitas, da Infraestrutura, confirmou que no dia 17 fará o lançamento das obras para implantação da conexão ferroviária do Araguaia, que será construída pela Companhia Vale, viabilizada em troca da renovação antecipada da concessão da Estrada de Ferro Carajás (EFC) e da Estrada de Ferro Vitória-Minas (EFVM).
“Trabalhamos efetivamente, toda a bancada, para assegurar que Mato Grosso não tivesse qualquer risco ou prejuízo nas suas ações para consolidação da Ferronorte, e ainda conquistamos mais 557 quilômetros de ferrovia. Isso significa que estão plantadas as bases para que possamos, efetivamente, promover o desenvolvimento sustentado e integrado do nosso Estado como um todo, fortalecendo a economia e gerando emprego para a nossa gente – o que é mais importante” – acrescentou Fagundes.
Trabalho conjunto
No ato de assinatura do Acordo de Cooperação entre o Ministério da Infraestrutura e o Governo do Estado, para a ferrovia estadual que ligará Rondonópolis a Cuiabá e Rondonópolis a Nova Mutum e Lucas do Rio Verde, o governador Mauro Mendes agradeceu o empenho dos senadores da bancada de Mato Grosso. Mendes previu que, em poucas semanas, deverá ser assinado o contrato e dando ordem de serviço para os 700 quilômetros de trilhos.
Já o senador Jayme Campos, falando em nome dos demais senadores, pontuou a união de esforços do Governo Federal e estadual e o trabalho parlamentar. “Com isso – ele acrescentou - poderemos construir um país com mais oportunidades, justiça social e desenvolvimento econômico para os mato-grossenses".
"Mato Grosso está sendo pioneiro nisso, que é o processo de autorização ferroviária. O Estado está muito perto de finalizar o chamamento público para a ferrovia. Sem dúvida nenhuma vai aumentar a oferta ferroviária e isso vai diminuir o custo logístico. Ganha Mato Grosso, ganha o Brasil e a gente está muito satisfeito" – disse o ministro Tarcísio Freitas.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb
Foto: Augusto César

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos