Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

Salesiano Santo Antônio

Salesiano Santo Antônio
Rua Alexandre de Barros, 387, Chácara dos Pinheiros Cuiabá

Seu título está na mão

Seu título está na mão
1º Título de Eleitor Decreto nº 3.029 - 9.1.1881

Assembleia Legislativa de Mato Grosso

Assembleia Legislativa de Mato Grosso
Seja bem-vindo ao perfil oficial da Assembleia Legislativa de Mato Grosso!

quinta-feira, 23 de setembro de 2021

Barbudo rebate deputada do PSOL após críticas a Paulo Guedes

Deputado por Mato
Grosso lembrou que Vivi Reis teria apoiado Antonio Palloci, ministro da Economia do PT que chegou a ser preso. O deputado federal por Mato Grosso, Nelson Barbudo (PSL), teceu duras críticas à parlamentar paraense Vivi Reis (PSOL), durante a manhã desta quarta-feira (22.09), durante sessão da Comissão da Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e Amazônia (CINDRA) da Câmara Federal.
Barbudo pediu a palavra depois de Vivi criticar o atual ministro da Economia, Paulo Guedes. “Queria só fazer uma colocação para a senhora quando a senhora agride o Paulo Guedes. Gostaria de olhar bem nos seus olhos e perguntar: a senhora não tem vergonha de lembrar do seu ministro [Antônio] Palocci? É este o homem que representava o governo de vossa excelência? ”, questionou Barbudo.
Palocci foi ministro da Fazenda e também da Casa Civil no governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Em 2017, o ex-ministro chegou a ser condenado a mais de 12 anos de prisão por crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.
Hoje, Barbudo ainda citou a ‘ficha corrida’ de Palocci. “Um ‘cadeeiro’, ladrão, condenado, que frequentou o cárcere e denunciou o seu líder. Com que olhos a senhora olhará para seus filhos e netos e dizer ‘o nosso ministro Palloci?’. Ao Paulo Guedes, um recado: parabéns, ministro, por fazer parte de um governo que vai completar três anos sem nem um relato de corrupção. Eu teria vergonha de fazer parte de um partido onde seu ministro era um ladrão, que quebrou o Brasil”, afirmou.
Ao final, o mato-grossense ponderou à colega parlamentar que “sou democrata e respeito a sua opinião: continue defendendo aqueles que acabaram com nossa República”.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos