PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

Hospital Estadual Santa Casa

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

quinta-feira, 23 de setembro de 2021

Lula lidera por ampla vantagem corrida eleitoral, afirma pesquisa

Ex-presidente poderia vencer já no primeiro turno se a eleição de outubro de 2022 fosse realizada um ano antes, mostra pesquisa do Ipec. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ganharia a eleição presidencial de 2022 já no primeiro turno se ela fosse realizada hoje, afirma uma pesquisa eleitoral divulgada nesta quarta-feira (23/09) pelo instituto Ipec.
A sondagem está em linha com outra divulgada na semana passada pelo Instituto Datafolha, que também deu ampla vantagem ao líder do PT sobre o presidente Jair Bolsonaro.
O Ipec desenhou dois cenários possíveis para as eleições. No primeiro, ofereceu aos entrevistados uma lista de cinco possíveis candidatos. O mais votado seria Lula, com 48% dos votos, seguido por Bolsonaro, que receberia 23% do apoio.
Muito atrás ficaram Ciro Gomes, do PDT, com 8%, o governador de São Paulo, João Doria, do PSDB, com 3%, e o ex-ministro da saúde Luiz Henrique Mandetta, também com 3%.
Com uma diferença de 11 pontos percentuais para todos os adversários combinados, Lula seria eleito no primeiro turno.
No segundo cenário, o Ipec incluiu dez candidatos. Lula obteria então 45% dos votos, em comparação com 22% para Bolsonaro e 18% para os demais candidatos, incluindo o antigo juiz e ministro Sergio Moro, que alcançaria 5%.
Com esses resultados, o petista estaria dentro da margem de erro, que é de dois pontos, para ganhar também no primeiro turno se as eleições se realizassem hoje.
Governo Bolsonaro é mal avaliado
Lula, que foi autorizado a concorrer após a Justiça ter anulado condenações por corrupção, já disse que vai disputar a Presidência em 2022. Bolsonaro também pretende concorrer à reeleição.
Porém, a popularidade do mandatário está no pior nível desde que chegou ao poder. A taxa de desaprovação do seu governo atingiu 53%, alta de quatro pontos em relação à pesquisa divulgada em junho pelo Ipec.
Os eleitores que consideram o governo de Bolsonaro "bom" ou "ótimo" caíram para 22%, o nível mais baixo registrado este ano. Essas percentagens também são semelhantes às da sondagem Datafolha da semana passada.
A pesquisa também afirma que 69% dos entrevistados não confiam em Bolsonaro, ou dois de cada três.
O Ipec ouviu de forma presencial 2.002 pessoas em 141 municípios de todo o Brasil, entre 16 e 20 de setembro.
O Ipec foi criado por diretores que deixaram o Ibope depois do fechamento desse instituto.
as (Lusa, OTS)cp
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos