PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

Hospital Estadual Santa Casa

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

quarta-feira, 15 de setembro de 2021

Nota: A indústria frigorífica ganha fôlego

Em meio às
incertezas e ao risco do aumento no desemprego, o Governo de Mato Grosso sinaliza positivamente ao setor produtivo. A indústria frigorífica vem dando sinais de desaquecimento com o enxugamento de parte das empresas, e elas têm reclamado nos últimos meses da necessidade de um auxílio por parte do governo. Pequenas e médias empresas que não exportam estão trabalhando com prejuízo em suas operações estando às vésperas de pararem gerando grandes prejuízos econômicos e sociais. Em reuniões com a equipe técnica da Secretaria de Fazenda (Sefaz) o Sindicato das Indústrias de Frigoríficas de Mato Grosso (Sindifrigo MT), teve oportunidade de mostrar seus números e os riscos das eminentes paralisações.
O Governo através de seus secretários César Miranda (Desenvolvimento) e Rogério Galo (Sefaz), entenderam o pleito da indústria e viabilizaram condições e a legalidade para que a demanda fosse atendida.
Em reunião do Conselho Deliberativo dos Programas de Desenvolvimento do Estado de Mato Grosso (CONDEPRODEMAT) ficou aprovado um alívio da carga tributária por 6 meses para a indústria frigorífica.
O Sindifrigo acredita que a partir de meados do ano 2022 já se inicie um período, no qual as ofertas deverão aumentar gradualmente para se estabilizarem em meados de 2023.
O Governo proporciona melhores condições para que a indústria mantenha os postos de trabalho e consigam passar por este momento de ofertas reduzidas. Os desafios não sessam por aqui, mas sem dúvida é uma demonstração de que temos um governador preocupado com a indústria do estado.
A diminuição de oferta tendo como consequência o alto índice de capacidade ociosa bem como o desequilíbrio entre empresas exportadoras são problemas que permanecem, e ainda demandarão de algum tempo para serem equacionados.
Paulo Bellincanta Presidente do Sindicato das Indústrias de Frigoríficas de Mato Grosso (Sindifrigo MT)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos