PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

Hospital Estadual Santa Casa

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

quinta-feira, 14 de outubro de 2021

ELEIÇÕES NA OAB-MT: Diretores da Comissão da Diversidade Sexual da OAB-MT apoiam Gisela Cardoso

Grupo esteve reunido com pré-candidata à presidência e falou sobre importância da representatividade dentro da Ordem.
O presidente e a vice-presidente da Comissão da Diversidade Sexual da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT), respectivamente, Nelson Freitas e Kamila Michiko Teischmann, declararam apoio à pré-candidatura de Gisela Cardoso à presidência da instituição. Em reunião realizada em Cuiabá neste mês, também estiveram presentes e afirmaram que caminharão com Gisela uma das fundadoras da Comissão em Mato Grosso, Laila Allemand, e as advogadas e militantes do movimento LGBTQIA+, Thaís Brazil e Daniella Veyga.
Daniella, aliás, foi a primeira mulher transexual em Mato Grosso a receber carteira de estagiária, nesta gestão da Ordem, na qual tem Gisela como sua vice-presidente. A fala de Daniella, inclusive, foi focada na importância da eleição da Ordem e de como o Poder Judiciário é fundamental para o movimento LGBTQIA+.
“Por que a eleição da OAB-MT é tão valiosa e tão disputada? Porque mostra a importância que tem como pilar que defende a democracia e constituição de nosso país. Quando falamos que todas as vitórias da nossa comunidade foram fruto do nosso Judiciário é porque houve a presença da justiça e dos advogados que fizeram sustentações orais naquelas tribunas. Assim foi no casamento homoafetivo, na criminalização da homotransfobia, na retificação dos nomes das pessoas trans nos cartórios e na doação de sangue”, disse.
Para Nelson Freitas, é exatamente pelo contexto de apoio irrestrito de Gisela à Comissão de Diversidade e, portanto, à comunidade LGBTQIA+, que se faz fundamental o apoio à pré-candidatura. “Nós não temos dúvidas nenhuma de que você é a pessoa que se posicionou aberta e preparada, além de estar dispostas e construir junto conosco, de nos ouvir e construirmos propostas para o respeito desta advocacia”, afirmou.
“Fico muito feliz com a presença de todos que compõe e apoiam a nossa comissão. Nós construímos um trabalho que a Laila iniciou corajosamente. Não foram poucas as vezes que fomos maltratados ou tivemos medo de entrar em determinados ambientes. O trabalho deve continuar”, destacou a vice-presidente da Comissão, Kamila Michiko Teischmann.
A advogada Thaís Brazil fez questão de ponderar que Mato Grosso sempre está entre os primeiros estados brasileiros quando o tema é violência aos LGBTQIA+ e, assim, instituições fortalecidas e com representatividade são essenciais. “E esta é uma das razões que apoio e estou com Gisela Cardoso desde o começo: precisamos de alguém que esteja atenta, que seja sensível aos nossos anseios, que saiba que muitos de nós morremos apenas por sermos quem somos”, destacou.
Laila Allemand também declarou seu apoio afirmando ser importante participar ativamente da construção deste projeto. “A partir do momento que me coloquei nesta condição, e a Gisela prontamente aceitou, eu entendi que nesta campanha eu não sou só uma cota, não sou só uma mulher, sou um ser vivente que vai compor uma chapa, que vai participar ativamente, que vai trazer ideias e que, caso estas ideias não sejam acolhidas durante a gestão, vai ter condições de exigir isto dela, até porque estou participando da formulação. Então, Gisela, eu fico muito feliz de poder te apoiar”.
Após ouvir todos os relatos e apoios, a pré-candidata agradeceu e afirmou que é exatamente desta forma que trabalhou, trabalha e continuará trabalhando: ouvindo as necessidades, as reinvindicações e a realidade de cada um.
“É importante essa presença, essa participação, exatamente para trazer luz a uma realidade que muitas vezes não está no dia a dia de toda a advocacia. Precisamos da diversidade para fazer parte, tendo voz, espaço e cadeira para sentarmos e construirmos uma nova gestão. Por isso estou muito feliz de estar aqui, de escutá-los e de, juntos, construirmos este projeto”, concluiu.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos