Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

Salesiano Santo Antônio

Salesiano Santo Antônio
Rua Alexandre de Barros, 387, Chácara dos Pinheiros Cuiabá

Seu título está na mão

Seu título está na mão
1º Título de Eleitor Decreto nº 3.029 - 9.1.1881

Assembleia Legislativa de Mato Grosso

Assembleia Legislativa de Mato Grosso
Seja bem-vindo ao perfil oficial da Assembleia Legislativa de Mato Grosso!

segunda-feira, 18 de outubro de 2021

ELEIÇÕES NA ORDEM: Gisela poderá ser a segunda presidente mulher da história da OAB-MT

Primeira presidente da
Ordem em Mato Grosso foi a desembargadora Maria Helena Póvoas, há 28 anos. As eleições da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) de 2021 pode romper um hiato histórico de quase 30 anos. Pré-candidata e apontada como a sucessora natural da atual gestão, a advogada Gisela Cardoso pode ser a segunda presidente da instituição em Mato Grosso. A primeira foi a desembargadora e atual presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ-MT), Maria Helena Póvoas. A magistrada assumiu a gestão da OAB-MT no biênio 1993/1995 e também no triênio 1995/1997.
De lá para cá, muitas foram as mudanças no mundo e também na advocacia. Neste ano, por exemplo, foi publicada em abril a resolução 5/20, que altera o Regulamento Geral do Estatuto da Advocacia e da OAB para estabelecer paridade de gênero (50%), aprovada em dezembro de 2020. Ou seja, agora a composição das chapas nas eleições do Conselho Federal, das seccionais, subseções e Caixas de Assistência devem ser compostas por 50% de mulheres.
Outro ponto histórico é que, pela primeira vez, o número de mulheres inscritas na OAB ultrapassou o de homens, tanto nacionalmente como em Mato Grosso. À época da notícia, Gisela ponderou que historicamente o curso de Direito – um dos primeiros das universidades brasileiras - sempre foi ocupado por homens.
“É importante notar que, aos poucos, fomos conquistando nossos espaços sociais e no mercado de trabalho, assim não seria diferente com as inscrições na OAB-MT. Além disso, onde existe mais representatividade, existe mais igualdade e uma possibilidade ainda maior que cada vez mais pessoas se sintam acolhidas e com seus direitos garantidos. Jamais devemos ver esses números como uma competição. Muito pelo contrário: são os primeiros sinais que estamos no caminho certo”, completa.
Sobre a possibilidade de se tornar a segunda presidente da história da OAB-MT, Gisela Cardoso afirma que significará ainda mais representatividade à instituição. “Caso eleita, posso dizer que não estarei neste posto sozinha: estarei representando cada graduanda, a jovem advogada, a advogada mais experiente, as advogadas privadas e as públicas, a diversidade, as advogadas negras, brancas e pardas, mas acima de tudo, se for essa a vontade da advocacia, a nossa gestão será da advocacia de Mato Grosso como um todo. Será uma gestão de união e plural”, destacou.
Currículo - Gisela Cardoso é advogada atuante há 20 anos em Mato Grosso. Ela é sócia do escritório Cardoso e Cardoso Advogados e a atual vice-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) – gestão 2019/2021. Ela também foi secretária-geral da OAB-MT na gestão 2016/2018. É especialista em Direito Empresarial, membro da Comissão Nacional de Estudos Constitucionais e foi professora universitária de 2007 a 2018.
Gisela Cardoso atua fortemente na Seccional de Mato Grosso há anos para defender as prerrogativas e honorários advocatícios. Além de ter sido secretária e ser a atual vice-presidente, a advogada iniciou seu caminho na Ordem participando ativamente em comissões e, posteriormente, como relatora do Tribunal de Ética e Disciplina (TED). Gisela conhece todas as 29 subseções mato-grossenses e participou de dezenas de eventos de temáticas diversas da advocacia ao longo de sua jornada na OAB-MT.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos