PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

Hospital Estadual Santa Casa

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

sexta-feira, 1 de outubro de 2021

Universidade Federal de Rondonópolis dá posse aos pró-reitores

Preenchimento dos cargos foi possível mediante atuação do senador Wellington Fagundes.
O ministro da Educação, Milton Ribeiro, participou, nesta quinta-feira (30), da posse dos pró-reitores da Universidade Federal de Rondonópolis. O preenchimento dos cargos foi possível graças à atuação do senador Wellington Fagundes (PL-MT), que apresentou projeto que originou a Lei Complementar 180/2021, removendo as restrições impostas pelo Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus SARS-CoV-2. Esse programa impedia reposição do quadro permanente de servidores e a nomeação de cargos de direção e funções nas recém-criadas Instituições Federais de Ensino Superior, dificultando seu funcionamento.
A UFR foi criada em 2018, após uma intensa articulação do parlamentar, que atuou junto ao governo federal. Como resultado, cinco novas universidades foram criadas. “Esta solenidade de posse é o coroamento de um trabalho que mobilizou toda a sociedade não só de Rondonópolis, mas de toda a região Sudeste”, disse o senador.
“Foi muita luta e persistência, mas vencemos os obstáculos e a burocracia e hoje temos uma universidade que caminha para a sua consolidação administrativa e que vai contribuir para o desenvolvimento de toda a região”, finalizou Wellington.
Ainda em Rondonópolis, o ministro visitou a usina fotovoltaica da UFR quando falou no programa de incentivo à adoção da energia solar para reduzir o custo de R$ 900 milhões/ano com o custo de 281 campi – recursos que poderão ser utilizados em pesquisa e infraestrutura.
A usina vai gerar 1.94 Megawathh, tornando a instituição totalmente sustentável em relação a energia elétrica.
O ministro também visitou as obras de revitalização do restaurante universitário e participou da posse de pró-reitores da universidade.
O restaurante foi totalmente revitalizado, trazendo um ambiente mais amplo, arejado e iluminado, atendendo às exigências sanitárias impostas pela pandemia da covid-19.
Ele ressaltou o trabalho do senador Wellington Fagundes pelo desmembramento do campus de Rondonópolis da UFMT, dando origem à UFR. “Se estamos hoje dando posse aos novos pró-reitores, é porque houve um trabalho intenso do senador para a criação desta universidade”, falou.
Da assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @coweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos