PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

Hospital Estadual Santa Casa

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

quinta-feira, 18 de novembro de 2021

ALFABETIZAÇÃO EMOCIONAL: O fim das birras: psicóloga ensina crianças a lidarem com as emoções

O curso “Jornada das
Emoções kids” é ministrado pela psicóloga Gina Coelho e realizado de forma itinerante, com crianças de 5 a 10 anos. Quem nunca presenciou uma criança chorando desesperadamente, jogando-se no chão ou até mesmo tendo atitudes agressivas, aparentemente sem motivo? As chamadas “birras”, que atormentam e preocupam os pais, têm explicação e podem ser controladas. É com esse objetivo que a psicóloga infanto-juvenil e educadora parental Gina Coelho ministra o curso “Jornada das Emoções kids”.
A profissional explica que a “birra” é a forma que a criança encontra de demonstrar que algo não vai bem. “A criança ainda não tem um repertório verbal, não entende sobre as suas emoções, então a ‘birra’ é a sua forma de comunicação”, diz.
Voltado para crianças de 5 a 10 anos, o “Jornada das Emoções kids” tem como objetivo auxiliá-las a compreender suas emoções e buscar maneiras mais assertivas de expressá-las. Por meio de atividades lúdicas, que envolvem diferentes sentidos e habilidades, as crianças aprendem alternativas para manifestar seus sentimentos e desenvolvem habilidades de autocontrole, além de empatia com as pessoas.
O curso retorna ao formato presencial, que havia sido suspenso devido à pandemia da Covid-19, e, nesta temporada, será realizado de forma itinerante, com grupos de crianças em prédios e condomínios, evitando, assim, eventuais transtornos com deslocamentos.
“Ao compreender e aprender a lidar melhor com suas emoções, a criança vai se relacionar melhor com seus pares. Por meio das atividades, ensinamos que tudo bem sentir a emoção, mas não pode bater no amiguinho, gritar, xingar e jogar coisas. O que se procura, através do gerenciamento de emoções, é proporcionar relações sociais saudáveis e investir na busca de soluções sadias para os problemas do dia a dia”, afirma Gina Coelho.
Desenvolver as competências socioemocionais, conforme a psicóloga, é uma necessidade de todos os seres humanos e, quanto mais cedo for iniciada essa alfabetização emocional, melhores serão os resultados. Os efeitos conquistados na saúde mental das crianças são significativos e se estendem para a adolescência e fase adulta.
“As competências socioemocionais se encaixam no conjunto de habilidades que desenvolvemos para lidar com nossas emoções durante os desafios cotidianos e estão ligadas à nossa capacidade de sentir, decidir e agir, portanto variam de indivíduo para indivíduo – sempre considerando a realidade e o contexto de cada um”, esclarece.
As principais emoções trabalhadas durante os encontros são: alegria, medo, nojo, tristeza, raiva, ansiedade e tédio, sendo as duas últimas constatadas em um maior número de crianças durante a pandemia. Para a prática das atividades, os participantes ganham um kit com materiais que podem ser reutilizados posteriormente, com ajuda dos pais.
Durante os três anos de existência do curso, mais de 200 crianças já foram atendidas e os resultados são positivos. “Há melhora significativa de comportamentos agressivos e birras, da capacidade de dialogar em momentos difíceis ou de conflito e de se expressar. Percebemos ainda um aumento da autoestima e segurança, além da formação de pais mais assertivos e conscientes de seu papel”, relata Gina Coelho.
As inscrições para o curso “Jornada das Emoções kids” estão abertas e podem ser feitas pelo telefone (65) 98459-4348.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos