PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

Hospital Estadual Santa Casa

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

quarta-feira, 3 de novembro de 2021

Bons ventos para os negócios digitais

Nos últimos dois anos, o mundo enfrentou muitas adversidades. Crises políticas, econômicas, sociais e sanitárias. A pandemia da Covid-19 desestabilizou a economia e fez com que todos transformassem hábitos, conceitos e atitudes para lidar com os novos desafios. Nesse contexto, o mercado digital teve o seu crescimento acelerado, principalmente em função do home office e do isolamento e distanciamento social.
Para se ter uma ideia, em 2020, o e-commerce brasileiro obteve um faturamento de R$ 126,3 bilhões, segundo dados da NeoTrust, uma das principais fontes para quem trabalha com mercado digital. Esse estudo revelou, ainda, que 47%, ou seja, quase metade dos brasileiros fizeram sua primeira compra on-line no ano passado, inclusive, faço parte dessa estatística, pois até então, não havia feito nenhuma compra pela internet.
A pesquisa ‘Perfil do E-Commerce Brasileiro’, realizada pelo PayPal Brasil em parceria com a BigDataCorp, revela que em 2021, o Brasil alcançou a marca de 1,59 milhão de lojas on-line, alta de 22,05% na comparação com 2020. Com o avanço, é possível afirmar que o consumidor brasileiro está se familiarizando com as compras on-line e, consequentemente, gerando um volume expressivo nas vendas.
Ciente da importância e da evolução do e-commerce, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado (Fecomércio-MT) tomou a decisão de lançar um produto inovador, que será um divisor de águas para o comércio mato-grossense. A ideia é contribuir para alavancar os negócios principalmente de pequenas e médias empresas que, muitas vezes, são carentes em investimentos de tecnologia.
A Feshop que será lançada no próximo dia 6 de novembro, durante o maior evento de startups do mundo, o Sturtup Weekend Retail, é uma loja virtual que concentrará uma infinidade de produtos dos comerciantes do nosso estado. Será a primeira plataforma on-line criada por uma federação, onde contemplará todo o ecossistema de vendas, com soluções integradas com mídias sociais, Chatbot de WhatsApp, logística de frete e pagamento por meio de link e QR Code.
Com esta ação, a federação, que é maior entidade representativa do comércio, pretende ficar ainda mais próxima dos comerciantes, investindo na evolução digital e contribuindo para que as empresas também tenham uma conexão ainda mais próxima com o seu cliente. Para os negócios que ainda não migraram para o digital, essa é uma grande oportunidade para o empreendedor garantir presença e obter os benefícios desse mercado.
José Wenceslau de Souza Júnior é presidente da Fecomércio, Sesc, Senac, IPF e Sindcomac em Mato Grosso, e comerciante há mais de 40 anos. Email: presidencia@fecomerciomt.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos