PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE
Prefeitura publica novo decreto e mantém fiscalização rígida contra pandemia Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos Várzea Grande e Assembleia Legislativa vão abrir novos pontos de vacinação Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

HOSPITAL H•BENTO

HOSPITAL H•BENTO
Av. Dom Aquino, 355 • Centro, 78015-200 • Cuiabá - MT

Hospital Estadual Santa Casa

DE OLHO NOS RURALISTAS!

DE OLHO NOS RURALISTAS!
Observatório de agronegócio e políticas ruralistas no Brasil. As notícias com perspectiva social e ambiental.

terça-feira, 2 de novembro de 2021

ELEIÇÕES 2022: FILIAÇÃO DE SERGIO MORO AO PODEMOS TERÁ APOIO DO PSL

O ex-ministro da Justiça Sergio Moro irá oficializar sua filiação ao partido do Podemos na próxima quarta-feira, 10 de novembro. A informação foi divulgada pela própria sigla, que aguarda a decisão de Moro sobre qual candidatura deverá seguir em 2022. No partido, ele tem duas opções disponíveis: presidência e Senado.
A cerimônia de filiação ocorrerá em Brasília e contará com a presença de lideranças do PSL, partido que se unirá ao DEM, dando origem ao União Brasil. A cúpula de deputados da ex-sigla do presidente Jair Bolsonaro deve se reunir com Moro antes da assinatura da ficha de filiação do ex-juiz.
Sergio Moro rompeu com a consultoria Alvarez & Marsal, empresa para qual trabalhava desde quando saiu do governo de Bolsonaro, no último domingo, 31 de outubro. Inicialmente, o contrato de Moro iria até 31 de outubro de 2022, mas a rescisão acabou sendo adiantada para o final deste mês, para seguir com o plano de filiação e candidatura às eleições do próximo ano.
No final de setembro Sergio Moro esteve no Brasil para conversar com diferentes políticos. No país conversou com o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta, filiado ao DEM, que é cotado para concorrer à corrida presidencial. No encontro, Moro afirmou que só apoiará qualquer projeto ou partido que se comprometa com o combate à corrupção e defenderem pautas como a retomada da prisão após condenação em segunda instância.
O União Brasil ainda não definiu um nome para lançar como candidato em 2022. A confirmação do partido será feita após a homologação da sigla no Tribunal Superior Eleitoral, que deve ocorrer antes de Março. Atualmente, a legenda está no impasse de dois nomes: o apresentador Datena, do PSL, e Mandetta, do DEM.
Ao Congresso em Foco, Mandetta defendeu uma aliança com Moro. “O Moro é uma figura muito importante para as eleições do próximo ano e para o Brasil. Estamos conversando, mas primeiro ele precisa se filiar a um partido para sentar à mesa conosco”, disse Mandetta.Acredita-se que Sergio Moro seja cotado para unir os partidos que buscam a famosa “terceira via”. Ao Congresso em Foco, o vice-líder do PSL na Câmara, deputado Júnior Bozzella (PSL-SP) afirma que Moro trará melhores condições de união.
“Hoje, Moro reúne as melhores para conseguir furar esse bloqueio e dar uma unificada, nesses partidos que estavam meio distintos por causa da terceira via. Essa questão de todo mundo apresentar um nome é valoroso, é importante, porém não dá para lá na lá na frente todo mundo querer ter o seu candidato, porque aí você não vai unir nunca, né? Eu acho que o Moro, hoje, por estar na frente, vai ter melhores condições de atrair os demais. Ele vai conseguir estar à frente no processo.”, afirmou.
SANDY MENDES Repórter. Graduanda em Jornalismo pela Universidade Paulista (Unip). Passou pelas assessorias de comunicação da Receita Federal e da Anasps. Também atuou como estagiária do colunista Guilherme Amado e no Poder360.
SANDY MENDES/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos