Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

Salesiano Santo Antônio

Salesiano Santo Antônio
Rua Alexandre de Barros, 387, Chácara dos Pinheiros Cuiabá

Mixto Esporte Clube

Mixto Esporte Clube
Nas origens do Mixto uma mescla de cultura, tradições regionais e esportes praticados por homens e mulheres.

Prefeitura Municipal de Rondonópolis

Prefeitura Municipal de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022

terça-feira, 14 de dezembro de 2021

Amaest realiza 4° Seminário de Engenharia de Segurança do Trabalho

A
Associação Mato-grossense de Engenharia de Segurança do Trabalho (Amaest) realizou com patrocínio do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT) , Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea MT(Mútua-MT) , com apoio da Associação Nacional de Engenharia de Segurança do trabalho (Anest) de 09 e 10 de dezembro o 4° Seminário de Engenharia de Segurança do Trabalho. Com o tema: As Perspectivas do Novo Modelo de Gestão de Segurança e Saúde do trabalho, o encontro contou com a presença de palestrantes regionais e de outros estados.
Para a presidente da Amaest, engenheira sanitarista e de Segurança do trabalho, Suzan Lannes, o encontro propõe intercambio, ou seja, a troca de experiência entre os participantes que são profissionais da Engenharia de Segurança do Trabalho. Apesar que essa modalidade de Engenharia vem passando por várias mudanças. A partir daí é necessário atualizar, verificando os pontos que estão modificando, inclusive polêmicos, que são discutidos por cada participante. “À exemplo das Normas Regulamentadoras (NR) que estão sendo mudadas, como a NR 10, que propõe garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores ligados as instalações e serviços com eletricidade. Os pontos polêmicos e no que pode impactar para a empresa. Até mesmo frente à pandemia, e o que o engenheiro da modalidade pode contribuir com a sociedade nesse período”, disse Suzan.
O diretor-geral do Regional Mato-grossense, engenheiro civil André Schuring, representou o presidente do Crea-MT, engenheiro civil e de Segurança do Trabalho, Juares Samaniego, no encontro. “Temos uma política de trazer treinamento, incentivar a realização de eventos das Entidades de Classe inseridas no Sistema de Mato Grosso. Recurso oriundo do patrocínio para auxiliar a realização desses encontros. Apesar de acharmos que chegamos no apse da tecnologia, temos a noção que estamos ainda no início. Os profissionais precisam incansavelmente do aprimoramento de suas modalidades”, relatou André. Ainda de acordo com o diretor-financeiro do Crea-MT, a lei 5.194, que regula o exercício das profissões de Engenheiro, Arquiteto e Engenheiro e Agrônomo, e dá outras providências, já está sendo feita há algum tempo com várias alterações. Uma outra questão importante é a certificação profissional, que traz um avanço para a legislação.
“ Ou seja, é a possibilidade de que todas as associações de nível nacional possam fazer o acompanhamento profissional e de forma salutar porque esse aperfeiçoamento profissional passa contar também no seu histórico profissional, a sua atualização. Vale ressaltar que em outros países isso já está sendo praticado, à exemplo dos Estados Unidos, Índia e China”, disse André.
O evento contou com palestrantes nacionais. Como do juiz do Trabalho do estado do Rio Grande do Norte, Edwar Abreu Gonçalves, que destacou sobre as Pericias Judiciais Trabalhistas de Segurança e Saúde do trabalho: Pontos Polêmicos.
“ O tema propõe temáticas pericias judiciais trabalhistas de segurança e saúde do trabalho. Pontos polêmicos, onde troquei ideias com os participantes acerca das questões mais relevantes e controvertidas que envolvem o complexo assunto da perícia judicial trabalhista de segurança e saúde do trabalho.
Ainda segundo o Juiz, tanto no que diz respeito as reclamações trabalhistas, onde são pleiteadas adicionais de salubridade e de periculosidade, como também nas reclamações trabalhistas, na qual existem pleitos objetivando indenização acidentaria por danos morais, ou materiais obviamente decorrentes do infortuno laboral.
O 1° tenente do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso, Bruno Grou Vilas Boas palestrou sobre a Legislação de Prevenção e Combate a Incêndio e Pânico Comentada.
“ Repassamos aos presentes os principais tópicos que a legislação atual vigente aborda sobre o assunto, e o trabalho do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso (CBM/MT) frente a isso, além da parte educativa da conscientização da prevenção em relação a segurança contra incêndio”, explanou Bruno.
Para ele o foco é voltado para as pessoas que estão iniciando no trabalho conhecer a legislação e as atividades da corporação, até porque o CBM/MT é um parceiro dos profissionais da área de Engenharia de Segurança do trabalho, que são aqueles que fazem o projeto de fato, e o CBMT apenas executa a validação em relação as exigências normativas legais. A ideia é mostrar aos profissionais como funciona hoje no âmbito do estado.
O conselheiro suplente do Crea-MT, engenheiro eletricista Walter Aguiar Martins, que também é diretor Geral da Abracopel em Mato Grosso, conduziu o minicurso com o tema: Revisão da NR 10: Quais as principais mudanças em discussão e como isso afetará empresas e profissionais.
Compatibilização da NR 10 com a nova NR 01, prevendo as condições gerais de aplicação do Gerenciamento de Riscos Ocupacionais voltados para a identificação, Análise, Avaliação, Prevenção e Controle dos Riscos Inerentes aos Serviços em Eletricidade ou proximidade às áreas energizadas.
O mestre em Ciências da Saúde, Amaury Machi Júnior ministrou a palestra a Contribuição da Engenharia da Segurança do Trabalho frente a pandemia do Covid 19. Já engenheiro de Materiais de Segurança do Trabalho, Artur Soares Cavalcanti, explanou sobre a Atualização das NRs e SST. Uma mesa redonda foi ministrada pela juíza do Trabalho (TRT) 23° Região, Claudirene Andrade Ribeiro, o diretor técnico da Amaest, Kengiro Suezawa Camargo e o Dr. Roberto Carvalho de Almeida, médico do trabalho, psiquiatra e diretor da Uma- Medicina do trabalho, onde discutiram o tema: Responsabilidade do empregador e empregado em relação ao cumprimento das normas trabalhistas.
O engenheiro eletricista e de Segurança, Frederico Mansur Gaíva, conduziu o minicurso Orientação sobre Procedimentos, Normas para Projetos de Prevenção e Combate a Incêndio e Pânico. O tema E-social SST na prática foi conduzido pelo consultor em segurança do trabalho e gestor de E-social, Fagner Machado.
O evento recebeu o fundador e idealizador da Associação dos Engenheiros de Segurança do Trabalho de Minas Gerais(Amaest), e representante da Anest em MG, engenheiro de segurança do Trabalho , de produção e especialista na área de gerenciamento de risco da Vigilância Sanitária, Mário Serqueira de Carvalho. “ É muito importante a participação nesses eventos, como forma de agregar conhecimentos em cada unidade da federação principalmente nos quesitos na parte de legislação e documentos legais. A mudança constante na legislação requer a participação nos grandes eventos da Engenharia de Segurança do trabalho, visando melhorar o desempenho da proteção nos ambientes laborais”, enfatizou o engenheiro Mário.
Já para o diretor –administrativo da Amaest e participante do evento, engenheiro civil e de segurança do trabalho, Aguinaldo Gentil, os profissionais da área precisam desenvolver artifícios de forma que a segurança do trabalho fique mais concisa e presente em Mato Grosso”, relatou Aguinaldo.
Para diretora- financeira da Amaest, Alice Ens Klimaschewsk, o encontro é uma forma de cada vez mais motivar os profissionais a se reciclarem, com representantes das áreas múltiplas da modalidade , como também o Corpo de Bombeiros, da área de Produtos Químicos e segurança, uma oportunidade para esses profissionais se atualizem e saírem da mesmice, além de focarem nas novas normas e tendências, por meio da inovação das técnicas.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos