Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

Salesiano Santo Antônio

Salesiano Santo Antônio
Rua Alexandre de Barros, 387, Chácara dos Pinheiros Cuiabá

Mixto Esporte Clube

Mixto Esporte Clube
Nas origens do Mixto uma mescla de cultura, tradições regionais e esportes praticados por homens e mulheres.

Prefeitura Municipal de Rondonópolis

Prefeitura Municipal de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022

quarta-feira, 22 de dezembro de 2021

Medeiros critica manobra e vota contra “fundão eleitoral”

O deputado federal José Medeiros (PODE) votou, nesta terça-feira (21), contra o substitutivo do projeto de lei orçamentária (PLN 19/21), onde estava previsto a elevação do valor do fundo eleitoral para as eleições do próximo ano. Medeiros foi um dos parlamentares que assinou um destaque para votar em separado o fundo eleitoral do orçamento de 2022. O destaque, apresentado pelo líder do PSL, deputado Vitor Hugo (PSL-GO), também previa a redução do valor do fundo eleitoral de R$ 4,9 bilhões para R$ 2,1 bilhões.
“Minha posição com relação ao aumento do fundo eleitoral para as eleições de 2022 sempre foi muita clara. Sou contra! Infelizmente colocaram o fundo para ser votado junto com o orçamento. Tentamos impedir, mas a proposta foi derrotada”, lamenta Medeiros, que é vice-líder do governo na Câmara e um dos principais aliados do presidente Jair Bolsonaro (PL) no Congresso Nacional. O parlamentar ressalta ainda, seu comprometimento em garantir recursos para o próximo ano, em especial para área social, mas volta a condenar a manobra de incluir o fundo eleitoral na votação geral da lei orçamentária.
O orçamento com o fundão foi aprovado pelo Congresso Nacional por 357 votos contra 97 e duas abstenções na Câmara e por 51 contra 20 no Senado Federal. Agora o projeto seguirá para sanção.
Na semana passada, o Congresso Nacional votou o veto presidencial ao fundo eleitoral. Na oportunidade, Medeiros se manifestou publicamente contra a proposta de aumento do financiamento público de campanha para R$ 5,7 bilhões.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos