Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

Salesiano Santo Antônio

Salesiano Santo Antônio
Rua Alexandre de Barros, 387, Chácara dos Pinheiros Cuiabá

Mixto Esporte Clube

Mixto Esporte Clube
Nas origens do Mixto uma mescla de cultura, tradições regionais e esportes praticados por homens e mulheres.

Prefeitura Municipal de Rondonópolis

Prefeitura Municipal de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022

quinta-feira, 6 de janeiro de 2022

Lei obriga condomínios e conjuntos habitacionais a comunicarem casos de violência doméstica

Está em vigor em
Mato Grosso, desde o dia 14 dezembro, a lei 1624/2021, que determina a comunicação de casos violência doméstica contra mulheres, crianças, adolescentes ou idosos cometidos em condomínios residenciais e conjuntos habitacionais. Síndicos ou administradores destes conglomerados habitacionais deverão comunicar os casos, de imediato, à Delegacia Especializada de Defesa da Mulher ou ao competente órgão de segurança pública.
"Aquele que presenciar os casos de agressões notificará de imediato ao síndico ou a administradora de condomínios. [...] Após conhecimento do fato, o síndico ou a administradora de condomínios, deverá comunicar o fato", diz a lei de autoria do deputado Wilson Santos (PSDB).
As denúncias deverão conter as seguintes informações: qualificação dos moradores do respectivo imóvel; endereço e, se houver, telefone de contato da vítima.
De acordo com a lei, sancionada pelo Governador Mauro Mendes, seu descumprimento sujeitará os condomínios residenciais, conjuntos habitacionais e congêneres, a advertência e multa entre 200 e 2 mil Unidades Padrão Fiscal de Mato Grosso - UPF/MT. Ou seja, R$ 41.886, já que cada unidade custa R$ 209,43.
"Em caso de reincidência será duplicado o valor da multa aplicado neste artigo".
Violência em 2020
De acordo com a Secretaria de segurança Pública, em 2020, foram registrados 62 feminicídios em Mato Grosso, 59% a mais que no ano anterior. No total, foram registrados 104 homicídios de mulheres em 2020 (62 feminicídios e 42 sem essa qualificação). O número corresponde a 19% em relação a 2019, quando foram registrados 87 homicídios (39 feminicídios e 48 não qualificados dessa forma).
A polícia ainda registrou 18.076 ameaças, 10.334 casos de lesão corporal e 5.161 ocorrências de injúria.
Os dados são da Superintendência do Observatório de Segurança da Sesp-MT.
Assessoria/Caminho Político
@caminholitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos