Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

Salesiano Santo Antônio

Salesiano Santo Antônio
Rua Alexandre de Barros, 387, Chácara dos Pinheiros Cuiabá

Mixto Esporte Clube

Mixto Esporte Clube
Nas origens do Mixto uma mescla de cultura, tradições regionais e esportes praticados por homens e mulheres.

Prefeitura Municipal de Rondonópolis

Prefeitura Municipal de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022

quinta-feira, 6 de janeiro de 2022

PROJETO: Claudinei defende a liberdade e posiciona contra o passaporte da vacina em locais públicos

O deputado avalia que o cidadão não pode perder o direito de ter acesso a determinados locais por causa da falta de comprovante de vacinação.
O deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) e a maioria dos parlamentares, em sessão plenária na Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira (5), manifestaram serem favoráveis ao Projeto de Lei de n.º 17/2022 que proíbe o poder público de fazer qualquer exigência quanto a apresentação de comprovante de qualquer tipo de vacinação para adentrar aos estabelecimentos públicos e privados no estado de Mato Grosso. A segunda votação está prevista para fevereiro e, com a aprovação, será encaminhada para ser sancionada pelo Poder Executivo Estadual.
“Já estava virando uma novela esse passaporte da vacina. Ainda bem que já tivemos avanços na Assembleia Legislativa com a aprovação do projeto de lei, em primeira votação. Nas últimas sessões, o pessoal estava vindo à Casa de Leis para acompanhar e obter uma resposta. Votei a favor da liberdade, pois sou contra o passaporte da vacina. Não podemos perder os nossos direitos constitucionais de ir e vir de forma livre e digna”, posiciona Claudinei.
Obrigatoriedade
Com o aval do Supremo Tribunal Federal (STF), os municípios mato-grossenses ainda poderão, por meio da aplicação de decretos, decidir se exigem ou não a documentação à população para poderem ter acesso aos locais públicos. “Sobre essa questão da autonomia dos municípios, será outro passo e discussão a ser tratado. Mas, realmente precisávamos avançar e dar um retorno para a sociedade em relação a exigência do passaporte da vacina”, frisa o parlamentar.
A matéria, que é de autoria do deputado estadual Gilberto Cattani (PSL), assinala que os cidadãos não serão obrigados a apresentarem documentos que comprovem a vacinação contra a Covid-19 e suas variantes. Também, veda a discriminação e o tratamento diferenciado ou constrangedor de qualquer natureza a qualquer pessoa para garantir a preservação de sua integridade física, moral ou intelectual.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos