Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

Baronês Cuiabá

Baronês Cuiabá
O cardápio mais nobre de Cuiabá.

Prefeitura de Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá
Praça Alencastro, Cuiabá, 78005-906

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso
Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, Ed. Marechal Rondon

domingo, 6 de fevereiro de 2022

Com Marco Legal das Ferrovias, Governo autoriza novos trechos para Mato Grosso

Além da Rumo, outras empresas solicitaram autorização para implantação de ferrovia em Mato Grosso, sobretudo na região Norte do Estado.
O avanço do Congresso Nacional para instituir o Marco Legal das Ferrovias “está garantindo a Mato Grosso a expansão da malha ferroviária, em um dos projetos que vão colocar o Estado no seu mais alto nível de competitividade”. A afirmação foi feita pelo senador Wellington Fagundes (PL-MT), presidente da Frente Parlamentar de Logística e Infraestrutura (Frenlogi), ao receber comunicado do Ministério da Infraestrutura sobre novos pedidos de autorização para implantação de novos trechos no Estado.
Um dos pedidos foi feito pela Rumo Logística para implantação do trecho entre Água Boa e Lucas do Rio Verde. O novo ramal terá 508 quilômetros de extensão, com foco no transporte de cargas como grãos, fertilizantes, farelo de soja, entre outras. Esse mesmo trecho também foi solicitado pela VLI Multimodal, empresa que pertence à Companhia Vale.
A ligação Água Boa-Lucas do Rio Verde integra o projeto de implantação da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (FICO), cujo primeiro trecho, entre Mara Rosa (GO) até Água Boa, já está sendo construído pela Vale. A FICO vai se conectar a Ferrovia Norte-Sul.
“Estamos trabalhando no sentido de estabelecer uma legislação que traga segurança jurídica a esses investimentos. E a procura mostra que Mato Grosso, como maior produtor e exportador de grãos do Brasil, atrairá um volume expressivo de investimentos”, acrescentou Fagundes.
Além da Rumo, outras empresas solicitaram autorização para implantação de ferrovia em Mato Grosso, sobretudo na região Norte do Estado, entre Lucas do Rio Verde a Sinop, Santa Rita do Trivelato a Sinop, Nova Mutum a Campo Novo do Parecis, Bom Jesus do Araguaia a Água Boa e Primavera do Leste a Ribeirão Cascalheira e Sinop a Moraes Almeida (PA).
Lucas-Sinop
No comunicado recebido pelo senador, estão ainda os pedidos da Garin Infraestrutura Assessoria e Participações LTDA e da Zion Real Estate LTDA, que compreendem o mesmo trecho de origem e destino. Todavia, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) já esclareceu que os traçados avaliados não coincidem entre si. Ambas as empresas pretendem construir estradas de ferro entre Lucas do Rio Verde e Sinop. A Garin fez o pedido para explorar 146,7 quilômetros, e a Zion, 153 quilômetros.
Até o momento, o Ministério da Infraestrutura recebeu, ao todo, 76 requerimentos para construção e operação de ferrovias pelo regime de autorização, perfazendo 19 mil quilômetros de novas ferrovias privadas, cruzando 16 Unidades da Federação, e investimentos que ultrapassam R$ 224 bilhões.
Mais trilhos
Além do trecho entre Água Boa e Lucas do Rio Verde, a Rumo Logística deverá dar início a construção da ferrovia estadual ligando Cuiabá, Nova Mutum, Lucas do Rio Verde ao ramal que liga Rondonópolis a Santos (SP). São 730 km de novos trilhos em Mato Grosso, que terão cerca de R$ 11 bilhões em investimentos. Essa nova opção logística vai aumentar a competitividade do agronegócio e da indústria de Mato Grosso, além de impactar positivamente a exportação nacional de grãos pelo Porto de Santos (SP).
“Em todos esses projetos ferroviários, a expectativa é de que sejam criados 2,6 milhões de postos de trabalho diretos e indiretos, além da diminuição do custo de transporte, da emissão de CO² e a modernização da malha ferroviária nacional. É para isso que estamos trabalhando”, frisou Fagundes.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos