Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

Baronês Cuiabá

Baronês Cuiabá
O cardápio mais nobre de Cuiabá.

Prefeitura de Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá
Praça Alencastro, Cuiabá, 78005-906

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso
Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, Ed. Marechal Rondon

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2022

SAÚDE: Articulação de Claudinei garante 10 leitos de UTIs Covid-19 para Rondonópolis

O parlamentar articulou com outros deputados estaduais que intermediaram junto ao Governo de Mato Grosso para a instalação de novos leitos.
O deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) posicionou ser contrário ao fechamento dos estabelecimentos comerciais entre 0h às 5h, conforme o novo decreto municipal, nesta quarta-feira (2), durante a 52° sessão ordinária da Sessão Plenária da Câmara de Vereadores de Rondonópolis. Ele avaliou que essa não é a melhor solução, pois só resultará em prejuízos financeiros aos empresários e defendeu a abertura de novos leitos de UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) Covid-19 nos hospitais.
“É um município que eu moro há quase 15 anos. Sou um cidadão daqui e não posso deixar de ajudar essa cidade que me acolheu junto à minha família. Neste momento difícil, a nossa maior preocupação é a saúde. A pandemia voltou com força, uma situação muito preocupante. Sempre estou cobrando o Governo do Mato Grosso para que tenha uma visão diferenciada para Rondonópolis que é o terceiro município maior do Estado. Mas, nestes últimos três anos, ainda deixou muito a desejar quanto à atenção merecida”, declarou o parlamentar.
Em relação à movimentação dos empresários, comerciantes e trabalhadores dos estabelecimentos comerciais de Rondonópolis, Claudinei frisou que não concorda com o fechamento noturno. “Infelizmente, no início da pandemia da Covid-19, tivemos muitas pessoas que ficaram desempregadas, desamparadas financeiramente, dependentes de cestas básicas, ainda mais que perderam os seus negócios por terem fechado as portas devido à situação do coronavírus. Agora, com a nova onda, temos que investir na saúde para não afetarmos essa categoria e não prejudicar a economia do município e desses empresários”, explica o deputado.
Articulação
Durante a explanação na tribuna, o parlamentar adiantou estar fazendo articulações e contatos políticos para a instalação de leitos de UTIs Covid-19 no município. “Através da Assembleia, vamos buscar cobrar o governador Mauro Mendes para que tenha essa atenção com Rondonópolis, porque além das mortes que voltaram para esse município, há casos graves que necessitam dessas UTIs, e tem a questão dos comerciantes do comércio noturno que precisam trabalhar. E, dando certo, o prefeito altere esse decreto. A gente já está fazendo os contatos e as correrias”, salienta Claudinei que entrou em contato com o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Maxi Russi (PSB) e a deputada estadual Janaina Riva (MDB).
Já no período da noite de quarta, o secretário da Casa Civil de Mato Grosso, Mauro Carvalho, anunciou a reativação de 10 leitos de UTI Covid no Hospital Regional de Rondonópolis no prazo de 10 dias. Na manhã de hoje (3), o prefeito José Carlos do Pátio (SD), comunicou que, com a redução do número de internação e ocupação dos leitos de UTI, haverá redução das medidas restritivas e que ocorrerá mudanças no decreto após tratativas com o chefe da gestão estadual.
Estatística – Conforme dados do Boletim Epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde de Rondonópolis, foi confirmado um óbito e 294 novos casos, nesta quarta-feira (2), sendo que há 882 pessoas infectadas. Deste total, 55 estão hospitalizadas e 827 isoladas em seus domicílios.
Até ontem, as taxas de ocupação nas UTIs eram de 75% nas unidades de saúde públicas, sendo nove pacientes internados na Santa Casa e quatro no Hospital de Retaguarda e dois internados no Hospital Regional de Rondonópolis. Nas UTIs da rede privada, eram quatro pacientes internados.
Já as enfermarias da rede pública contaram com 29 pacientes, o que equivaleu a ocupação de 31,9%. Nas enfermarias privadas, foi de 14,6%, com sete internados.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos