Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

Salesiano Santo Antônio

Salesiano Santo Antônio
Rua Alexandre de Barros, 387, Chácara dos Pinheiros Cuiabá

Seu título está na mão

Seu título está na mão
1º Título de Eleitor Decreto nº 3.029 - 9.1.1881

CÂMARA MUNICIPAL DE CUIABÁ

CÂMARA MUNICIPAL DE CUIABÁ
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT

sábado, 19 de março de 2022

Alckmin anuncia que se filiará ao PSB

Ex-governador tucano de São Paulo deverá ser vice na chapa liderada pelo petista Lula na campanha ao Planalto deste ano, contra Bolsonaro. "Momento exige grandeza política, espírito público e união", afirma. O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin anunciou nesta sexta-feira (18/03) que se filiará ao PSB, em mais um passo para ser candidato a vice na chapa liderada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, na campanha deste ano ao Palácio do Planalto.
Alckmin permaneceu filiado ao PSDB por 33 anos e se desligou da legenda no final de 2021, após um longo processo de afastamento motivado pela ascensão do atual governador de São Paulo, João Doria – ex-protegido de Alckmin –, sobre a máquina partidária. Doria foi escolhido pelo PSDB para ser candidato a presidente neste ano.
No final de 2021, veio a público a articulação de Lula para ter Alckmin como vice. O objetivo do petista ao atrair o ex-tucano é reduzir a resistência de eleitores conservadores à sua chapa e aumentar as chances de vitória sobre o presidente Jair Bolsonaro, candidato à reeleição. Nesse cálculo, a experiência e o trânsito político de Alckmin também poderiam elevar a governabilidade de uma nova gestão Lula caso ele seja eleito.
Do lado de Alckmin, ele ganha projeção e influência política se for eleito vice-presidente e poderia se gabaritar para novos mandatos eletivos.
Em janeiro, Lula afirmou que a chapa com Alckmin estava praticamente fechada e que só faltava o ex-governador paulista escolher a qual partido ele se filiaria. Em março, a aproximação com o PSB foi selada.Confirmação da chapa em abril
Nesta sexta-feira, Alckmin confirmou a filiação em suas redes sociais: "O tempo da mudança chegou! Depois de conversar muito e ouvir muito eu decidi caminhar com o Partido Socialista Brasileiro – PSB".
Ele também disse que "o momento exige grandeza política, espírito público e união" e citou uma famosa frase de Eduardo Campos, ex-governador de Pernambuco morto em um acidente aéreo em agosto de 2014, quando era candidato ao Planalto pelo PSB: "Não vamos desistir do Brasil."
"TWITTER: Geraldo Alckmin - @geraldoalckmin - O tempo da mudança chegou! Depois de conversar muito e ouvir muito eu decidi caminhar com o Partido Socialista Brasileiro - PSB. O momento exige grandeza política, espírito público e união. O tempo da mudança chegou! 10:43 AM · Mar 18, 2022
A cerimônia de filiação de Alckmin ao PSB deve ser realizada na próxima semana, ao lado de outros ex-tucanos que seguirão o ex-governador para seu novo partido. O lançamento da pré-candidatura de Lula ao Planalto deve ocorrer em abril.
bl/ek (ots)CP
@caminhopolitico @CPWEB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos