Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

Salesiano Santo Antônio

Salesiano Santo Antônio
Rua Alexandre de Barros, 387, Chácara dos Pinheiros Cuiabá

Seu título está na mão

Seu título está na mão
1º Título de Eleitor Decreto nº 3.029 - 9.1.1881

Assembleia Legislativa de Mato Grosso

Assembleia Legislativa de Mato Grosso
Seja bem-vindo ao perfil oficial da Assembleia Legislativa de Mato Grosso!

quinta-feira, 24 de março de 2022

Governo recomenda quarta dose a idosos com mais de 80 anos

Ministério da Saúde orienta aplicação da segunda dose de reforço da vacina anticovid quatro meses após a primeira, de preferência com o imunizante da Pfizer-BioNTech. O Ministério da Saúde recomendou nesta quarta-feira (23/03) a aplicação de uma segunda dose de reforço da vacina contra covid-19 em idosos com mais de 80 anos. A estimativa é que 4,6 milhões de brasileiros sejam imunizados com a quarta dose do imunizante contra o coronavírus.
De acordo com a nota técnica publicada pela pasta, a segunda dose de reforço deve ser aplicada, preferencialmente, com o imunizante da Pfizer-BioNTech. De forma alternativa, podem ser usadas as vacinas da Janssen e da AstraZeneca, independentemente da marca utilizada anteriormente. O intervalo deve ser de quatro meses após a primeira dose de reforço.
A recomendação foi discutida pelos especialistas da Câmara Técnica Assessora em Imunizações (CTAI), considerando a situação epidemiológica do Brasil e levando em conta estudos que mostram a redução da efetividade das vacinas contra covid-19 com o passar do tempo, principalmente entre as faixas etárias mais avançadas.
Segundo os estudos, a diminuição da efetividade das vacinas em idosos, a partir de três a quatro meses após a aplicação, pode ser explicada, também, pelo envelhecimento natural do sistema imunológico, o que exige uma estratégia diferenciada dos governos para a proteção desse grupo.
Estados já aplicam a quarta dose
O Ministério da Saúde ainda avalia a necessidade de uma segunda dose de reforço para outras faixas etárias e alerta que as recomendações podem ser revistas a qualquer momento.
Alguns estados já iniciaram a aplicação da quarta dose. Em São Paulo, idosos com mais de 80 anos começaram a receber a vacina na segunda-feira. Cerca de 900 mil pessoas dessa faixa etária estão aptas a serem imunizadas.
De acordo com a rede CNN, pelo menos outros seis estados também já iniciaram a aplicação da quarta dose: Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Amazonas, Pará, Rio Grande do Norte e Mato Grosso.
No Brasil, 74,4% da população em geral recebeu duas doses da vacina contra covid-19, e 34,7% uma terceira dose, de acordo com dados do site Our World in Data, da Universidade de Oxford.
le (ots)cp
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos