Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

Salesiano Santo Antônio

Salesiano Santo Antônio
Rua Alexandre de Barros, 387, Chácara dos Pinheiros Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá
Praça Alencastro, Cuiabá, 78005-906

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso
Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, Ed. Marechal Rondon

quinta-feira, 31 de março de 2022

SEGURANÇA: Em formatura de policiais penais, Claudinei acredita no fortalecimento do Sistema Penitenciário

O parlamentar defende a nomeação de mais servidores para suprir o déficit de pessoal e impedir fechamento de cadeias públicas em Mato Grosso.
O deputado estadual Delegado Claudinei (PL) prestigiou a formatura de conclusão do Curso de Formação Inicial 2021/2022, da Academia de Polícia Penal de Mato Grosso (Acadepolp), nesta segunda-feira (28), no Teatro Cerrado Zulmira Canavarros da Assembleia Legislativa de Mato Grosso. Foram 79 policiais penais formados que atuarão nas unidades prisionais de Cuiabá, Várzea Grande, Peixoto de Azevedo, Juína, Lucas do Rio Verde, Nortelândia, Sinop, Barra do Bugres e Água Boa.
Além do parlamentar, estiveram presentes os parlamentares Dr. João Matos (MDB), João Batista (PP) e Elizeu Nascimento (PL) que representaram a Comissão de Segurança Pública e Comunitária da Assembleia Legislativa. Também marcaram presença os secretários de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, e o Adjunto de Administração Penitenciária, Jean Carlos Gonçalves.
“A gente fica muito feliz e é um dia muito especial. Não só para os formandos, mas para nós, da Comissão de Segurança Pública da Segurança Pública que, desde 2019, abrimos espaço para ouvir representantes dos aprovados do Sistema Penitenciário. Vemos a necessidade de ter mais servidores nas unidades prisionais e, também, outros de nível superior devido muitas unidades necessitarem desses profissionais”, explicou Claudinei.
Aprovados
Ele salientou que as cobranças quanto às nomeações dos aprovados dos concursos do Sistema Penitenciário de 2016 e 2018, se deve a necessidade de suprir o déficit de profissionais, principalmente, do interior de Mato Grosso. “Acredito que, ainda esse ano, o governo estadual, vai estar alinhando outras possíveis nomeações para esse ano, porque a Penitenciária de Mata Grande, por exemplo, ainda precisa de mais servidores”, declarou.
Se ocorre a solicitação de mais policiais penais, segundo Claudinei, é para o fortalecimento da segurança pública. “O fechamento de cadeias públicas, refletem diretamente na segurança pública e outras categorias, como as polícias militar e civil. Até mesmo, a população de municípios pequenos que podem ficar sem guarnição durante o deslocamento de policiais de uma cidade para outra para levar presos. A gente não quer que feche mais unidades”, frisa.
Durante a explanação, Bustamante agradeceu os parlamentares pelo espaço cedido na Casa de Leis para a realização da formatura dos policiais penais. “Quero agradecer os deputados. Que muito mais do que as emendas que depositam na área da segurança, é o trabalho legislativo que vocês fazem para ajudar a segurança como um todo. As emendas são muito importantes para a compra de equipamentos, mas a confiança que os senhores fazem no processo legislativo de aprovar as leis que fazem a evolução da segurança, são fundamentais. Então, muito obrigado”, declarou o secretário.
Capacitação
A formação dos policiais penais, iniciou no dia 3 de janeiro deste ano, tendo um preparatório com carga horária de 492 horas, com aulas práticas e teóricas com profissionais da área jurídica e integrantes do Sistema Penitenciário. A metodologia aplicada contou com procedimentos de segurança e disciplinas para fomentar a custódia humanizada nos estabelecimentos penais.
Todas as aulas foram presenciais e os acadêmicos tiveram instruções teóricas de legislação e gestão com 25 educadores. Já a parte operacional teve o envolvimento de aproximadamente 20 instrutores, com aulas de defesa pessoal, de combate, de tiro, de escolta, manuseio de armas, entre outros.
O evento contou com a participação da secretária Adjunta de Justiça, Lenice Silva dos Santos Barbosa, presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado de Mato Grosso (Sindespen), Amaury Benedito Paixão, diretores de unidades prisionais do interior de Mato Grosso, representantes de instituições da segurança pública, Fundação Nova Chance, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Mato Grosso, autoridades e convidados.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos