Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

Salesiano Santo Antônio

Salesiano Santo Antônio
Rua Alexandre de Barros, 387, Chácara dos Pinheiros Cuiabá

Seu título está na mão

Seu título está na mão
1º Título de Eleitor Decreto nº 3.029 - 9.1.1881

Assembleia Legislativa de Mato Grosso

Assembleia Legislativa de Mato Grosso
Seja bem-vindo ao perfil oficial da Assembleia Legislativa de Mato Grosso!

sábado, 30 de abril de 2022

Crea-MT, Crea Mulher, Crea Junior, Mútua-MT e Confea realizam palestra na UFMT campus Sinop

Acadêmicos dos cursos de Engenharia Agronômica e de Engenharia Agrícola da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), campus Sinop receberam dia 22 de abril, palestras dobre o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT), Crea Mulher, Crea Júnior, Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea-MT (Mútua-MT) e Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea).
O presidente do Crea-MT, eng. civil Juares Samaniego, explanou que o Sistema tem contribuído para a valorização dos profissionais das Engenharias, Agronomia e Geociência, com propósito de proteger a sociedade, confere atribuições, valorização do profissional, define as penalidades, de composições das Câmaras Especializadas e a estrutura organizacional, o plenário, Comissões permanentes e especiais, bem como grupos de trabalho, presidência, diretoria e inspetorias. Contando com mais 35 mil, distribuídos em mais de 250 profissões. “ O carro chefe do Conselho é fiscalizar a ilegalidade do exercício profissional, das modalidades registradas no Sistema de Mato Grosso.
Já o conselheiro federal titular por Mato Grosso, geólogo Mário Cavalcanti realizou palestra sobre a importância do Confea para os futuros profissionais do Sistema. “ O Conselho Federal de Engenharia e Agronomia, Confea é um órgão de fiscalização profissional, não sendo entidade de classe, na forma de autarquia pública, responsável pela regulamentação e julgamento final no Brasil das atividades profissionais relacionadas às classes que abrange: Engenharia, Agronomia, bacharéis em Geografia, Geologia e Meteorologia, possuindo mais de trezentos títulos profissionais, nos níveis tecnólogos e superior, além de anotar também títulos de pós-graduação. Composto por Câmaras e comissões, com representantes de regionais do país, o Confea foi instituído juntamente com os Conselhos Regionais de Engenharia e Agronomia pelo Decreto nº 23.569, de 11 de dezembro de 1933, promulgado pelo Presidente Getúlio Vargas”, ressaltou Mário.
A coordenadora do Crea Mulher em Mato Grosso, eng. mecânica e de segurança do Trabalho, Priscila Bernardi Rockenbach , explanou que quase a metade dos profissionais do Sistea Confea/Crea no país são mulheres, infelizmente algumas não seguem carreira. Elas tem o dom de criar, a capacidade para construir, a sensibilidade para compreender e a dedicação para multiplicar, a partir disso as “mulheres” tem se destacado no desenvolvimento da Engenharia, Agronomia e Geociências” , disse Priscila.
Ainda segundo a conselheira do Crea-MT, elas têm competência e garra, elas assumem liderança em setores estratégicos da sociedade e na gestão do Sistema Confea/Crea/Mútua. As mulheres constroem o presente e o futuro do Mato Grosso e do Brasil. “ Segundo dados do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia, 200 mil engenheiras, agrônomas, meteorologistas, geógrafas, geólogas, enfim, todas as mulheres representadas nas profissões que compõem o Sistema. Desde a sua concepção, em 2018, o Programa Mulher representa um grande marco no processo de consolidação da política de Equidade de Gênero do Sistema. Em 2019, segundo dados do Confea, apenas 12% de mulheres compunham o plenário dos 27 Creas”, detalhou a coordenadora do Crea Mulher em MT.
Na oportunidade, a coordenadora a Comissão Crea Júnior em MT, conselheira, eng. civil Luanna Lima, ressaltou que a visão de trabalho voltado aos estudantes das modalidades do Sistema é aproximar os estudantes de cursos cujas profissões são regulamentadas no âmbito do Sistema Confea/Crea contribuindo para formar novos líderes e profissionais alinhados com seus direitos e deveres. ‘ Através do Crea Júnior o conselho se dispõe junto à comunidade estudantil, a ouvir e discutir opiniões, propostas e ações que visem o crescimento e aprimoramento profissional e difundir a missão e as metas da Instituição”, desse a conselheira.
Já o diretor-geral da Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea Mato Grosso (Mútua-MT), eng. civil Adjane Prado, explicou aos estudantes os benefícios da instituição. Segundo ele, a Instituição oferece soluções em benefícios diferenciados que proporcionam melhor qualidade de vida e ajudam os profissionais a alcançarem seus objetivos, seja um carro novo, uma viagem, uma pós-graduação, um upgrade no seu empreendimento, ou outros.
“Ao se associar à Mútua, o profissional tem à sua disposição onze benefícios reembolsáveis, ou seja, linhas de crédito, com taxas de juros especiais. Um para cada necessidade: Ajuda Mútua, Garante Saúde, Equipa Bem, Férias Mais, Apoio Flex, Construa Já, Família Maior, Educação, Veículos, Empreendedorismo e Agropecuário”, explicou Adjane.
Além disso, a Caixa de Assistência está ao lado dos associados com o amparo necessário nas horas difíceis. A Mútua oferece benefícios sociais, de caráter não reembolsável, para os associados carentes de recursos por meio de ajuda de custo mensal e, em casos de falecimento do associado, o Auxílio Pecúlio por morte garante indenização a seus dependentes e também um auxílio para despesas com funeral e encargos. Na área de planos de saúde, uma parceria da Mútua com a Qualicorp garante os melhores convênios do Estado. O evento contou com a participação de conselheiros e inspetores do Crea-MT.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos