Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)
Agora como deputado estadual, Eugênio tem sido a voz do Araguaia, representa o #VALEDOARAGUAIA! 100% ARAGUAIA!🏆

Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

Prefeitura de Rondonópolis

Prefeitura de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411 - 3500 WhatsApp (Ouvidoria): (66) 9 8438 - 0857

sábado, 30 de abril de 2022

Crea-MT, Crea Mulher, Crea Junior, Mútua-MT e Confea realizam palestra na UFMT campus Sinop

Acadêmicos dos cursos de Engenharia Agronômica e de Engenharia Agrícola da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), campus Sinop receberam dia 22 de abril, palestras dobre o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT), Crea Mulher, Crea Júnior, Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea-MT (Mútua-MT) e Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea).
O presidente do Crea-MT, eng. civil Juares Samaniego, explanou que o Sistema tem contribuído para a valorização dos profissionais das Engenharias, Agronomia e Geociência, com propósito de proteger a sociedade, confere atribuições, valorização do profissional, define as penalidades, de composições das Câmaras Especializadas e a estrutura organizacional, o plenário, Comissões permanentes e especiais, bem como grupos de trabalho, presidência, diretoria e inspetorias. Contando com mais 35 mil, distribuídos em mais de 250 profissões. “ O carro chefe do Conselho é fiscalizar a ilegalidade do exercício profissional, das modalidades registradas no Sistema de Mato Grosso.
Já o conselheiro federal titular por Mato Grosso, geólogo Mário Cavalcanti realizou palestra sobre a importância do Confea para os futuros profissionais do Sistema. “ O Conselho Federal de Engenharia e Agronomia, Confea é um órgão de fiscalização profissional, não sendo entidade de classe, na forma de autarquia pública, responsável pela regulamentação e julgamento final no Brasil das atividades profissionais relacionadas às classes que abrange: Engenharia, Agronomia, bacharéis em Geografia, Geologia e Meteorologia, possuindo mais de trezentos títulos profissionais, nos níveis tecnólogos e superior, além de anotar também títulos de pós-graduação. Composto por Câmaras e comissões, com representantes de regionais do país, o Confea foi instituído juntamente com os Conselhos Regionais de Engenharia e Agronomia pelo Decreto nº 23.569, de 11 de dezembro de 1933, promulgado pelo Presidente Getúlio Vargas”, ressaltou Mário.
A coordenadora do Crea Mulher em Mato Grosso, eng. mecânica e de segurança do Trabalho, Priscila Bernardi Rockenbach , explanou que quase a metade dos profissionais do Sistea Confea/Crea no país são mulheres, infelizmente algumas não seguem carreira. Elas tem o dom de criar, a capacidade para construir, a sensibilidade para compreender e a dedicação para multiplicar, a partir disso as “mulheres” tem se destacado no desenvolvimento da Engenharia, Agronomia e Geociências” , disse Priscila.
Ainda segundo a conselheira do Crea-MT, elas têm competência e garra, elas assumem liderança em setores estratégicos da sociedade e na gestão do Sistema Confea/Crea/Mútua. As mulheres constroem o presente e o futuro do Mato Grosso e do Brasil. “ Segundo dados do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia, 200 mil engenheiras, agrônomas, meteorologistas, geógrafas, geólogas, enfim, todas as mulheres representadas nas profissões que compõem o Sistema. Desde a sua concepção, em 2018, o Programa Mulher representa um grande marco no processo de consolidação da política de Equidade de Gênero do Sistema. Em 2019, segundo dados do Confea, apenas 12% de mulheres compunham o plenário dos 27 Creas”, detalhou a coordenadora do Crea Mulher em MT.
Na oportunidade, a coordenadora a Comissão Crea Júnior em MT, conselheira, eng. civil Luanna Lima, ressaltou que a visão de trabalho voltado aos estudantes das modalidades do Sistema é aproximar os estudantes de cursos cujas profissões são regulamentadas no âmbito do Sistema Confea/Crea contribuindo para formar novos líderes e profissionais alinhados com seus direitos e deveres. ‘ Através do Crea Júnior o conselho se dispõe junto à comunidade estudantil, a ouvir e discutir opiniões, propostas e ações que visem o crescimento e aprimoramento profissional e difundir a missão e as metas da Instituição”, desse a conselheira.
Já o diretor-geral da Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea Mato Grosso (Mútua-MT), eng. civil Adjane Prado, explicou aos estudantes os benefícios da instituição. Segundo ele, a Instituição oferece soluções em benefícios diferenciados que proporcionam melhor qualidade de vida e ajudam os profissionais a alcançarem seus objetivos, seja um carro novo, uma viagem, uma pós-graduação, um upgrade no seu empreendimento, ou outros.
“Ao se associar à Mútua, o profissional tem à sua disposição onze benefícios reembolsáveis, ou seja, linhas de crédito, com taxas de juros especiais. Um para cada necessidade: Ajuda Mútua, Garante Saúde, Equipa Bem, Férias Mais, Apoio Flex, Construa Já, Família Maior, Educação, Veículos, Empreendedorismo e Agropecuário”, explicou Adjane.
Além disso, a Caixa de Assistência está ao lado dos associados com o amparo necessário nas horas difíceis. A Mútua oferece benefícios sociais, de caráter não reembolsável, para os associados carentes de recursos por meio de ajuda de custo mensal e, em casos de falecimento do associado, o Auxílio Pecúlio por morte garante indenização a seus dependentes e também um auxílio para despesas com funeral e encargos. Na área de planos de saúde, uma parceria da Mútua com a Qualicorp garante os melhores convênios do Estado. O evento contou com a participação de conselheiros e inspetores do Crea-MT.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos