Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
Av. André Maggi nº 6, Centro Político Administrativo Cep: 78.049-901- Cuiabá MT.

Salesiano Santo Antônio

Salesiano Santo Antônio
Rua Alexandre de Barros, 387, Chácara dos Pinheiros Cuiabá

Seu título está na mão

Seu título está na mão
1º Título de Eleitor Decreto nº 3.029 - 9.1.1881

Assembleia Legislativa de Mato Grosso

Assembleia Legislativa de Mato Grosso
Seja bem-vindo ao perfil oficial da Assembleia Legislativa de Mato Grosso!

sábado, 2 de abril de 2022

Presidente da Amaest-MT destaca importância da campanha “Abril Verde”

O mês de abril é direcionado às campanhas educativas nacionais que abordam a prevenção de acidentes do trabalho. São desenvolvidas ações e trabalhos em órgãos públicos e instituições, visando a conscientização sobre o comportamento prevencionista no que tange à Segurança e Saúde do trabalhador brasileiro e mato-grossense, por meio da campanha “Abril Verde”. Com objetivo de fomentar esses cuidados, principalmente em relação a pandemia, através da prevenção do Corona Vírus(Covid19) no ambiente laboral , o presidente Associação Mato-grossense de Engenheiros de Segurança do Trabalho (Amaest), Eng. eletricista e de segurança do trabalho, Frederico Mansur Gaiva destacou a importância da campanha com foco na conscientização e prevenção de acidentes no trabalho, apontando dados estatísticos de órgãos públicos nacionais, citando , exemplos dessa natureza.
Gemar- Quando e como surgiu a campanha “Abril Verde”?
Frederico- O símbolo da Campanha Abril Verde é um laço verde. A cor representa a segurança no ambiente de trabalho e também está relacionada aos cursos da área da Saúde. O mês de Abril foi escolhido baseando no Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes de Trabalho. Nessa data, em 1969, houve uma explosão de uma mina da cidade de Farmington, no estado da Virgínia – Estados Unidos. Culminou na morte de 78 trabalhadores, caracterizando o episódio como um dos maiores e mais conhecidos acidentes trabalhistas da Humanidade.
Abril também é marcado pelo mês da criação da Organização Mundial de Saúde (OMS) que surgiu com a proposta de cuidar de questões relacionadas com a saúde global, no ano de 1948. O objetivo da OMS, de acordo com sua constituição, é garantir a todas as pessoas o mais elevado nível de saúde”. Vale destacar que essa agência define saúde como um estado de completo bem-estar físico, mental e social, ou seja, a saúde é muito mais do que a ausência de doenças.
Gemar-Como é tratado o assunto pelos órgãos responsáveis? site exemplos de acidentes de trabalho dessa natureza
Frederico- A Justiça do Trabalho e demais órgãos e até mesmo associações como a Amest, ao abraçar a campanha, tem como objetivo amparar a população, ou seja, de orientar de que acidentes de trabalho não ocorrem por acaso, mas por algumas situações imprevisíveis e inevitáveis que ocorrem por problemas que poderiam, na maioria das vezes serem evitados. A exemplo, do incêndio em uma empresa em Taubaté no estado de São Paulo que deixou ao menos seis pessoas feridas. O fogo destruiu uma empresa que produz pós de alumínio para indústria de mineração. De acordo com os bombeiros, houve uma explosão no lavador de gases da empresa e o fogo atingiu parte do estoque da empresa e se alastrou. Devido ao pó ser um produto inflamável, o fogo acabou se alastrando. Na época cerca de 33 bombeiros atuaram para conter as chamas e socorrer as vítimas. O fogo teve de ser apagado com uso de areia por risco de reação química. As vítimas sofreram queimaduras de segundo grau e inalaram gases com o incêndio.
Gemar- Então a prevenção ainda é o melhor caminho para reduzir os acidentes de trabalho?
Frederico- O paradigma inicial das ações relativas ao tema antigamente era o da proteção, com o incentivo para ao uso de equipamentos de proteção individuais os Equipamentos de Proteção Individual (IPIs). O cenário mudou e o foco agora é a prevenção. Precisamos impor a prevenção, que envolve os conceitos de proteção e de precaução. Se os empregadores não procurarem se antecipar aos fatos, continuarão acontecendo no Brasil. É mais barato, inclusive, prevenir e evitar do que reparar os danos já causados. Os órgãos competentes devem tornar real o que já existe na lei. Não há falta de norma, há falta de efetividade e condenação com base no que já existe. É preciso formular, pôr em prática e reexaminar periodicamente uma política nacional coerente em matéria de segurança dos trabalhadores e do meio ambiente do trabalho.
Gemar- Existe dados em Mato Grosso relacionados aos acidentes de trabalho?
Frederico – De acordo com pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) realizada por Distribuição Geográfica dos Acidentes de Trabalho (CAT), em 2020, aproximadamente 10, 6 mil acidentes de trabalho foram registrados em Mato Grosso. Desses números, uma média de 1, 700 são do município de Cuiabá. Já no Brasil foram constatados 446,9 mil casos, segundo o IBGE.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos