Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)
Agora como deputado estadual, Eugênio tem sido a voz do Araguaia, representa o #VALEDOARAGUAIA! 100% ARAGUAIA!🏆

Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

Prefeitura de Rondonópolis

Prefeitura de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411 - 3500 WhatsApp (Ouvidoria): (66) 9 8438 - 0857

domingo, 17 de abril de 2022

VIROSES INFANTIS: Cresce número de crianças doentes com chegada do frio

Hospital Santa Rosa registrou aumento de mais de 200% no pronto atendimento infantil. Saiba como proteger seu filho na temporada de viroses. De janeiro até março deste ano, o movimento no pronto atendimento infantil do Hospital Santa Rosa, em Cuiabá, aumentou mais de 200%. Foram atendidos 5.121 casos no primeiro trimestre de 2022. Apenas em março, foram realizados cerca de 2,3 mil atendimentos, quase o dobro da média mensal. De acordo com a coordenadora da linha materno-infantil do Santa Rosa, Paula Bumlai, alguns fatores influenciaram nesse crescimento. "Com o retorno das atividades sociais e a volta das aulas presenciais nas escolas, há maior circulação de pessoas e também de vírus e bactérias, o que amplia o risco de contaminação dos pequenos", explica. Além disso, com a pandemia houve uma queda abrupta no movimento no pronto atendimento infantil. "O isolamento social manteve as famílias em casa e proporcionalmente as crianças foram menos contaminadas pela Covid-19, adoecendo menos que os adultos”, contextualiza Paula.
Além disso, nesta época do ano tradicionalmente há aumento nos pacientes pediátricos. “Historicamente, temos um número maior de consultas e internações de março a junho, pois são meses mais frescos e com maior circulação de vírus respiratórios”, afirma o coordenador do pronto atendimento infantil do Hospital Santa Rosa, Douglas Magalhães.
O pediatra explica que neste período aumenta a presença de vírus causadores de doenças respiratórias, como o vírus sincicial respiratório (VSR) e o influenza. “A baixa temperatura diminui a proteção natural das vias respiratórias das crianças. Além disso, ambientes fechados e sem ventilação aumentam as chances de contágio”, ressalta Douglas.
Casos mais comuns e tratamento
Entre as principais doenças de inverno estão gripe, bronquite, bronquiolite (inflamação nos bronquíolos), otites (infecções no ouvido), laringite e pneumonia. Douglas esclarece que o mesmo vírus pode se manifestar de diferentes formas nos pacientes. “Os sintomas mais comuns são tosse seca ou com secreção, coriza, congestão nasal e febre. Dependendo da criança, o padrão respiratório pode ser alterado e surgir falta de ar, deixando-a mais ofegante”.
Sobre a febre, o pediatra reforça que a correta aferição deve ser feita com termômetro digital, na axila, e começa em 37,8ºC.
Na maioria dos casos, o tratamento inclui o uso de remédios antitérmicos, lavagem nasal, hidratação, inalação com soro para umidificar a via área e alimentação balanceada. “No caso de crianças com algum histórico de doenças pré-existentes, como asma, ou que façam uso de medicamentos rotineiros, o acompanhamento da doença é importante. Senão, pode evoluir para quadros que necessitem de internamento. As viroses também são porta de entrada para outras doenças bacterianas”, explica o médico.
Prevenção
O pediatra do Santa Rosa recomenda alguns cuidados básicos para ajudar na proteção das crianças contra as viroses:
• Manter ambientes ventilados;
• Ingerir líquidos;
• Alimentar-se de forma balanceada e diversificada;
• Evitar aglomerações;
• Usar máscara (quem estiver com sintomas);
• Vacinar contra a gripe.
Douglas Magalhães lembra que crianças menores de dois anos não devem usar máscara, mesmo com tosse.
Pronto atendimento Infantil
No Hospital Santa Rosa, o pronto atendimento infantil funciona 24 horas, de segunda a segunda. Existe uma equipe médica com pediatras, recepção separada, além de estrutura de internação hospitalar com 13 leitos de UTI e apartamentos em setores específicos do hospital.
Assessoria/Caminho Político
@caminhopolitico @cpweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos