Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso
Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, Ed. Marechal Rondon

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra
Avenida Brasil, 2351 - N, Jardim Europa, 78.300-901 (65) 3311-4800

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)
Agora como deputado estadual, Eugênio tem sido a voz do Araguaia, representa o #VALEDOARAGUAIA! 100% ARAGUAIA!🏆

Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

Prefeitura de Rondonópolis

Prefeitura de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411 - 3500 WhatsApp (Ouvidoria): (66) 9 8438 - 0857

sexta-feira, 24 de novembro de 2023

MATO GROSSO: Oito municípios de Mato Grosso receberão recursos do Minha Casa, Minha Vida

O Governo Federal e o Ministério das Cidades estão começando a implementação do novo programa Minha Casa, Minha Vida. Em todo o país, foram selecionadas 187.500 novas unidades habitacionais para famílias da Faixa 1 (com renda de até dois salários mínimos: R$ 2.640,00).
Em Mato Grosso, foram selecionadas 2.531 unidades habitacionais a serem construídas em oito municípios de diversas regiões: Confresa; Cuiabá; Juara; Juína; Pontes e Lacerda; Rondonópolis; Tangará da Serra; e Várzea Grande. As obras vão acontecer em 560 municípios das 27 unidades federativas do país (os 26 estados e o Distrito Federal). Ao todo, mais de 1.200 empreendimentos deverão ser construídos nesta fase do programa.
De acordo com o ministro das Cidades, Jader Filho, essa foi a primeira seleção e haverá outras nos próximos três anos. A meta inicial era construir 130.000 unidades habitacionais; no entanto, com a demanda de mais de 900.000 propostas recebidas, foram selecionadas as 187.500.
Os recursos financeiros do Minha Casa, Minha Vida são do Fundo de Arrendamento Residencial, que disponibiliza recursos da União para investimentos em empreendimentos imobiliários e em edificação de equipamentos públicos (nas áreas de educação e saúde, por exemplo) complementares à habitação.
Os inscritos no Benefício de Prestação Continuada (BPC) e no programa Bolsa Família terão subsídio total do governo para aquisição dos imóveis.
Assessoria/Caminho político
@caminhopolitico @cpweb
Curta nosso Instagram: @caminhopoliticomt

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos