Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso
Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, Ed. Marechal Rondon

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra
Avenida Brasil, 2351 - N, Jardim Europa, 78.300-901 (65) 3311-4800

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)
Agora como deputado estadual, Eugênio tem sido a voz do Araguaia, representa o #VALEDOARAGUAIA! 100% ARAGUAIA!🏆

Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

Prefeitura de Rondonópolis

Prefeitura de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411 - 3500 WhatsApp (Ouvidoria): (66) 9 8438 - 0857

sábado, 4 de novembro de 2023

RONDONÓPOLIS: Paulo aposta em serviços prestados e transferência de votos para vencer

O diretor-presidente do Serviço de Saneamento Ambiental (Sanear) de Rondonópolis e pré-candidato à Prefeitura, Paulo José (PSB), aposta em sua boa atuação e na transferência de votos do prefeito Zé Carlos do Pátio (PSB) para vencer as eleições municipais do próximo ano. Além disso, rejeita a possibilidade de polarização entre esquerda e direita. Ao RDnews, Paulo José reforçou ser o escolhido de Pátio, porém, destacou que seu grupo é composto por um grande arco de alianças que vai se afunilar somente no próximo ano. Sendo assim, avalia que é momento de trabalhar ainda mais. No momento, Paulo José disputa a indicação com o atual vice-prefeito, Aylon Arruda (PSD) e com Carlos Augustin, o Teti (PT), indicado pela Federação Brasil da Esperança. Segundo acordo firmado pelos partidos, o pré-candidato que alcançar melhor colocação nas pesquisas em 2024, representará o grupo no processo eleitoral."Na nossa aliança política progressista, nós estamos compondo com 11 partidos, desses 11, três partidos indicaram nomes de pré-candidatos: Eu no PSB, Aylon Arruda, PSD e a Federação, o Carlos Augustin. A proposta deste grupo é que neste momento nós vamos estar trabalhando e na hora certa, através de pesquisas e levantamento de dados, possa sair o candidato do grupo", explicou.
Paulo José, que sempre esteve ao lado Pátio, a parte técnica da gestão municipal, agora tem buscado migrar para o campo político, se espelhando no aliado. Ele crê na transferência de votos devido a sua intensa participação durante todos os anos de aliança. No entanto, nos recentes levantamentos, tem sofrido para deslanchar nas pesquisas, assim como Aylon e Teti.
"Eu entendo que por eu estar há 35 anos acompanhando o Zé do Pátio, participando da gestão, acredito que a transferência de votos é um pouco mais [encaminhada], não vou dizer tranquila, mas é o objetivo comum. Onde o prefeito esteve, eu também estive. Então, temos uma linha de atuação muito próxima", argumentou.
“Eu não acredito em polarização aqui em Rondonópolis. Eu nasci e cresci aqui, uma coisa é eleição presidencial, que o eleitor vê de uma forma, e eleição municipal é outra”
Questionado sobre como avalia a gestão, explicou que há avanços na infraestrutura, educação e saúde. E afirmou que embora haja melhorias, isso pode não refletir no apoio, mas é uma articulação que está buscando realizar junto com Pátio, criando uma sinergia entre população e adminstração pública municipal.
"A gestão está indo bem, tem uma avaliação bem colocada, agora, são coisas distintas. A gestão é uma coisa, o voto, às vezes, é outra. Nem sempre tudo aquilo que se mede em gestão, significa que a pessoa apoia. Mas nós estamos buscando na cidade está aliança, entregando resultado, para que a população possa dar um noção de continuidade dessa gestão. Que serviço, nós temos prestado", disse.
Quanto à polarização pregada por membros da direita, Paulo José avaliou como sendo uma tática que não vai interferir no cenário municipal. Segundo ele, os cidadãos estão preocupados com o perfil de melhor gestor e serviço prestado que o candidato tem para a comunidade. Sendo assim, descartou um acirramento ideológico.
"Eu não acredito em polarização aqui em Rondonópolis. Eu nasci e cresci aqui, uma coisa é eleição presidencial, que o eleitor vê de uma forma, e eleição municipal é outra. No município ele vai se preocupar mais com o candidato que mais fez obras e melhor gestor. A questão federal não vai interferir", concluiu Paulo José.
RDnews/Caminho Politico
@caminhopoliticomt @cpweb
Curta nosso instagram: @caminhopoliticomt

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos