Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso
Cons. Benjamin Duarte Monteiro, Nº 01, Ed. Marechal Rondon

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra

Prefeitura Municipal de Tangará da Serra
Avenida Brasil, 2351 - N, Jardim Europa, 78.300-901 (65) 3311-4800

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)

Deputado Estadual Drº. Eugênio de Paiva (PSB-40)
Agora como deputado estadual, Eugênio tem sido a voz do Araguaia, representa o #VALEDOARAGUAIA! 100% ARAGUAIA!🏆

Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Palácio Paiaguás - Rua Des. Carlos Avalone, s/n - Centro Político Administrativo

Prefeitura de Rondonópolis

Prefeitura de Rondonópolis
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 1000, Vila Aurora, 78740-022 Telefone: (66) 3411 - 3500 WhatsApp (Ouvidoria): (66) 9 8438 - 0857

sábado, 20 de janeiro de 2024

PERSEGUIÇÃO POLÍTICA: Valdemar Costa Neto critica ação judicial contra Carlos Jordy

O presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, criticou a determinação judicial de busca e apreensão na casa e no gabinete do Líder da Oposição do PL na Câmara dos Deputados, Carlos Jordy (PL-RJ).
Confira abaixo a íntegra da nota:
Registro a minha indignação, a minha repulsa à determinação judicial de se fazer a busca e apreensão na casa e no gabinete do Líder da Oposição do PL na Câmara dos Deputados, Carlos Jordy (PL-RJ), eleito pelo povo fluminense para legitimamente representá-lo, com a confiança de mais de 114 mil eleitores.
As atitudes e ações do parlamentar do PL são protegidas pelo instituto da imunidade parlamentar, garantido pela Constituição que todos nós juramos defender e respeitar. Mas não é isso que estamos assistindo nos últimos meses.
Parcela do Judiciário continua adotando medidas que causam espanto e temor no meio político e judicial em geral. Com base em investigações intermináveis e flagrantemente inconstitucionais – pode uma vítima ser autor das investigações que ele mesmo julga e condena? A 17 anos de prisão!
Se a busca e apreensão nos imóveis do líder Jordy tem como base o que ocorreu no 8/1 – que o PL repudiou – por que somente os apoiadores do governo anterior são investigados? Por que um general sequer foi alvo de investigação, mesmo dando guarida aos invasores do Palácio do Planalto?
Essa escalada de violência do Judiciário contra parlamentares da oposição e gente do povo precisa ser contida, pelo bem da democracia brasileira. Não dá para uma democracia existir de verdade quando o próprio poder Judiciário não respeita a Constituição e fere a autonomia dos demais Poderes da República.
O Congresso Nacional é soberano e seus integrantes não podem ser intimidados como no caso do líder Jordy. Ele tem direito a opinião própria, a defender suas ideias e a manter os diálogos que considerar convenientes.
É estranha e péssima para a democracia brasileira a omissão do Congresso Nacional nesse e em outros casos recentes. Representantes legitimamente eleitos pelo povo por suas ideias e propostas políticas estão sendo coagidos, intimidados e invadidos em sua privacidade.
A arbitrariedade não pode ser maior que a Constituição Federal e o respeito à democracia.
Valdemar Costa Neto
Presidente Nacional do PL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ame,cuide e respeite os idosos